Esquadrão Suicida | David Ayer defende versão do diretor após críticas

Créditos da imagem: Reprodução

Filmes

Notícia

Esquadrão Suicida | David Ayer defende versão do diretor após críticas

Diretor escreveu texto emocionante em suas redes sociais

Camila Falcão
29.07.2021
18h58

diretor de Esquadrão Suicida (2016), David Ayer, compartilhou um texto emocionante em seu perfil do Twitter, após críticas sobre o lançamento de uma versão de diretor. A resposta do cineasta foi para o crítico de cinema Tim Grierson, depois de ter afirmado que Ayer deveria desistir da ideia de Ayer’s Cut (nome dado a sua versão do filme, em homenagem ao Snyder Cut de Liga da Justiça). Confira abaixo:

No texto, David Ayer contou um pouco sobre as dificuldades de sua vida começando pela infância quando seu pai se suicidou quando ele tinha apenas 4 anos. Logo depois disso, o diretor foi para orfanatos onde sofreu abuso e violência, largou o colegial e diz que a partir disso os momentos só foram piorando.

Quando chegou na vida adulta, Ayer entrou para a Marinha dos Estados Unidos e quando saiu desenvolveu o roteiro de Dia de Treinamento que mudou sua vida. Ao falar sobre sua versão de Esquadrão Suicida, o cineasta disse que contou toda a sua história para mostrar que nunca desistiu e não desistirá agora.

"Eu coloquei a minha vida em Esquadrão Suicida, eu fiz algo incrível. Minha versão é uma jornada complexa e emocionante com alguns pessoas más que são descartáveis (um tema que ressoa em minha alma). Ela tem os arcos tradicionais dos personagens, atuações incríveis e uma resolução sólida do terceiro ato. A versão do estúdio não é o meu filme", finalizou.

Em apoio ao amigo, James Gunn comentou a publicação. "Todo meu amor e admiração, amigo", escreveu o diretor do novo filme da Warner Bros.

Na trama da nova versão de O Esquadrão Suicida, o grupo formado por Sanguinário (Idris Elba), Pacificador (John Cena), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Caça-Ratos 2 (Daniela Melchior), Sábio (Peter Capaldi), Tubarão-Rei (Steve Agee), Blackguard (Peter Davidson), Dardo (Flura Borg) e a psicopata favorita de todos, Arlequina (Margot Robbie), recebe armamentos pesados e é atirado na remota (e cheia de inimigos) ilha de Corto Maltese, em uma missão para localizar e destruir.

Com roteiro de James Gunn, a estreia do longa está marcada para 5 de agosto nos cinemas.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.