O Esquadrão Suicida: Ayer reage a tuíte de Gunn sobre facilidade com a Warner

Créditos da imagem: Reprodução

Filmes

Notícia

O Esquadrão Suicida: Ayer reage a tuíte de Gunn sobre facilidade com a Warner

Diretor do novo longa da DC agradeceu predecessor por "abrir o caminho" para ele

Caio Coletti
07.07.2021
10h57
Atualizada em
07.07.2021
11h55
Atualizada em 07.07.2021 às 11h55

David Ayer reagiu a um tuíte de James Gunn sobre sua facilidade ao trabalhar com a Warner e a DC em O Esquadrão Suicida. O diretor do filme anterior da super equipe, lançado em 2016, famosamente teve conflitos com o estúdio sobre duração, tom e rumos dados a personagens durante a produção do seu longa.

"Caramba", disse apenas Ayer ao ver o tuíte original. Nele, Gunn dizia que "havia deixado claro para a Warner e a DC, desde a primeira reunião, que o seu O Esquadrão Suicida seria um filme de guerra para maiores, sem nenhum limite".

"Eu sempre sou direto e claro com os meus parceiros criativos sobre os caminhos que quero tomar. Eles concordaram com a minha visão, e a partir daí não tivemos problemas. Eu amo o filme que saiu disso", completou o cineasta.

A reação simples de Ayer ao relato do colega de profissão ainda provocou uma resposta de Gunn: "Embora muitas das lideranças da Warner tenham mudado [entre 2016 e 2021], sem dúvidas os problemas que você teve com eles ajudaram a criar um caminho mais fácil para mim, David, então eu me sinto grato por isso, e por tudo o que você fez para ajudar o meu filme".

Ayer, por fim, agradeceu pelo reconhecimento de Gunn. "Aw, cara, obrigado. Você é uma boa pessoa, James. Boa sorte".

Na trama de O Esquadrão Suicida, o grupo formado por Sanguinário (Idris Elba), Pacificador (John Cena), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Caça-Ratos 2 (Daniela Melchior), Sábio (Peter Capaldi), Tubarão-Rei (Steve Agee), Blackguard (Peter Davidson), Dardo (Flura Borg) e a psicopata favorita de todos, Arlequina (Margot Robbie), recebe armamentos pesados e é atirado na remota (e cheia de inimigos) ilha de Corto Maltese, em uma missão para localizar e destruir.

Com roteiro também de Gunn, a estreia do longa está marcada para 5 de agosto nos cinemas.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.