Esquadrão Suicida | Tudo que sabemos sobre a sequência de James Gunn

Créditos da imagem: Esquadrão Suicida/DC Comics/Reprodução

Filmes

Lista

Esquadrão Suicida | Tudo que sabemos sobre a sequência de James Gunn

Esperado para 2021, longa já confirmou escalação de Idris Elba e retorno de Joel Kinnaman

Julia Sabbaga
03.09.2019
15h03

Apesar de ter recebido críticas majoritariamente negativas, o Esquadrão Suicida, filme de David Ayer, de 2016, não apenas foi um sucesso comercial como marcou a primeira vitória da DC no Oscar, levando a estatueta por melhor maquiagem. Por isso, nada mais natural que a Warner Bros. retorne com a adaptação para uma sequência.

Para marcar uma nova fase, a DC escalou James Gunn, de Guardiões da Galáxia, para o roteiro e direção do novo longa, para levar a franquia para uma nova direção com praticamente um novo elenco e diferentes personagens, e ainda uma inspiração em outra fase dos quadrinhos. 

Para ficar em dia com a nova produção da DC, confira abaixo tudo que sabemos sobre o próximo Esquadrão Suicida:

Título

Esquadrão Suicida/Warner Bros/Divulgação

O título da sequência de James Gunn ainda não foi revelado, mas o diretor já avisou que o filme não se chamará "Esquadrão Suicida 2". O título de produção do filme (nome provisório utilizado nos bastidores), que geralmente indica algo da trama, é "El Dorado", uma referência à lendária cidade, o que aponta para a busca da equipe por algo ou alguém. 

Reboot ou sequência?

Esquadrão Suicida/Warner Bros/Divulgação

Espera-se que o filme seja algo entre um reboot e uma sequência, mas Gunn fez questão de não deixar claro qual dos dois será: "Estes termos são tão limitantes, existem tantos termos. Ele é o que ele é. Você vai descobrir em dois anos quando ele for lançado" [Via ET].

Elenco

Idris Elba/Studio Canal/Margot Robbie/Warner Bros./Divulgação

O elenco da sequência ainda está sendo anunciado aos poucos, mas o filme já confirmou o retorno de Joel Kinnaman (que interpretou Rick Flag), Viola Davis (Amanda Waller) e Jai Courtney (Capitão Bumerangue). A Arlequina de Margot Robbie, que roubou a cena do primeiro filme, tem seu retorno esperado. 

Will Smith não retornará como Pistoleiro por questões de agenda, e entre os novos nomes que foram anunciados estão Idris Elba, John Cena e Nathan Fillion. Seus personagens, no entanto, não foram revelados. Além deles, Benício Del Toro é especulado para viver o vilão General, mas as informações não foram confirmadas. 

Ainda, já foi anunciado que Steve Agee (Guardiões da Galáxia vol. 2) será a voz do Tubarão-Rei, a portuguesa Daniela Melchior (Valor da Vida) será Caça-Ratos e David Dastmalchian (Homem-Formiga) será Polka-Dot Man, chamado no Brasil de Homem das Bolinhas ou apenas Bolinha.

Os vilões

DC/The CW/Reprodução

Baseado nas escalações do elenco, já ficam reveladas as presenças de Caça-Ratos, Tubarão Rei e Polka-Dot Man. 

Caça-Ratos, que terá seu gênero invertido sendo interpretado por Daniela Melchior, é conhecido como um dos vários inimigos do Batman. Conhecido como Otis Flannegan, o personagem começou como um exterminador em Gotham antes de se dedicar a uma vida de crimes, onde comanda um exército de pequenos roedores que pode se comunicar e controlar, além de usar um gás venenoso para atacar seus rivais.

Tubarão-Rei, por sua vez, é um dos principais super-vilões do Aquaman, um tubarão humanoide que quase apareceu no primeiro filme do Esquadrão Suicida. Acredita-se que ele é descendente do Tubarão-Deus e sua pele lhe protege de ataques marítimos e físicos. Sua principal arma são seus dentes, que são tão poderosos quanto a de um tubarão real.

Polka-Dot Man é um dos vilões mais bizarros da história do Batman. Ele conta com um traje com bolinhas coloridas em seu corpo que ele pode transformar em bolas de fogo e outras armas. O detalhe principal é que ele fica sem graça com seu poder.

Além de tudo isso, Benicio Del Toro também é alvo de especulações para viver um vilão. Segundo a Forbes, o ator é cotado para viver General, um vilão do Batman que surgiu nos quadrinhos como uma criança prodígio que é tão inteligente quanto sedenta por sangue.

Inspiração na fase clássica

DC/Reprodução

Especulações já apontavam que a sequência de Esquadrão Suicida seria inspirada na fase clássica quando James Gunn basicamente confirmou os boatos publicando uma imagem dos quadrinhos de John Ostrander.

A fase clássica contou com desenhos de Kim Yale e foi publicada nos anos 80. Aparentemente, a ideia é se distanciar da HQ dos Novos 52, que foi a base do longa estrelado por Will Smith. Ostrander foi responsável por transformar o Esquadrão Suicida, até então um grupo do exército americano, em uma equipe formada por supervilões em missões secretas para o governo.

Nessas séries, o Pistoleiro era diferente da versão do Will Smith. Ele era um personagem com tendências suicidas, que se colocava em situações muito arriscadas e perigosas.

Entre missões de resgate na União Soviética ou invasões em Apokolips, o grupo discutia também questões sociais como racismo e machismo sem cair em redenções fáceis. Essa versatilidade narrativa corresponde à habilidade de James Gunn para combinar diversas influências e criar uma obra com identidade própria, visto que Guardiões da Galáxia utiliza do gênero de super-heróis para contar uma história sobre família.

Estreia

Esquadrão Suicida/Warner Bros/Divulgação

A produção do novo Esquadrão Suicida deve ter início em 23 de setembro, em Atlanta, e a estreia está marcada para 6 de agosto de 2021.