Imagem de HQ do Batman

Créditos da imagem: Batman/DC Comics/Reprodução

HQ/Livros

Notícia

Imagem de nova HQ do Batman gera polêmica com protestos em Hong Kong

Arte com a frase “The Future is Young” foi deletada das redes sociais da editora

Camila Sousa
27.11.2019
18h15
Atualizada em
27.11.2019
18h27
Atualizada em 27.11.2019 às 18h27

Uma arte promocional da nova HQ do Batman, escrita por Frank Miller e desenhada pelo brasileiro Rafael Grampá, gerou polêmica nas redes sociais entre a DC e os protestos em Hong Kong. A imagem foi divulgada no Instagram da editora, com a frase “The Future is Young” ao fundo. Rapidamente surgiram comentários em apoio aos protestos em Hong Kong e a arte viralizou entre os protestantes. Algumas horas depois, a editora deletou a imagem, mas comentários em outras postagens mostram que parte dos fãs não ficou satisfeita:

 

Instagram DC Comics
Instagram DC Comics/Reprodução

"Vocês parecem ter deletado o post. Se isso for por medo de pressão da China, ficarei muito desapontado com vocês. Apesar do Batman ser apenas um personagem dos quadrinhos, esse comportamento mancha a coragem e responsabilidade dos heróis. No fim, vocês são apenas uma empresa sedenta pelos dos ganhos de Bruce Wayne, não são?".

Instagram DC Comics
Instagram DC Comics/Reprodução

"Por que deletar a imagem? É uma grande arte! Arte é liberdade, amei a nova capa".

Instagram DC Comics
Instagram DC Comics/Reprodução

"Sou de Hong Kong e um fã dos quadrinhos da DC desde a infância. Aquela capa da nova edição do Batman me iluminou com um pouco de esperança para continuar lutando essa guerra injusta por liberdade, e você DC a deletou por causa da China? Vocês sabem o que isso parece? Vocês sabem o que significa se Hong Kong perder essa luta?"

Iniciados em julho, os protestos em Hong Kong lutavam contra um projeto de lei que permitia a extradição de pessoas acusadas de crimes contra a China Continental. Manifestantes afirmavam que os extraditados poderiam ser julgados injustamente e tratados de maneira violenta pelo governo.

Apesar da suspensão do projeto em julho, os protestos seguiram, eventualmente evoluindo para um movimento pró-democracia e pedido de renúncia da Governadora de Hong Kong, Carrie Lam.

Vale lembrar que tanto Miller quanto Grampá estarão presentes na CCXP19 em um painel especial em comemoração aos 80 anos do Batman. O quadrinista brasileiro também estará presente no Artists’ Alley durante todos os dias do festival.