The Promised Neverland

Créditos da imagem: The Promised Neverland/Divulgação

Séries e TV

Artigo

2ª temporada de Promised Neverland mantém ritmo, mas corta histórias

Emma, Ray e as outras crianças enfrentarão novos perigos em sua busca por William Minerva

09.01.2021, às 15H02.
Atualizada em 09.01.2021, ÀS 15H58

Adiada por causa da pandemia do COVID-19, a segunda temporada de The Promised Neverland estreou no começo de janeiro no Japão e promete continuar a saga de Emma, Ray e as demais crianças em busca de um lugar pacífico para morar e crescer.

Mas mesmo mantendo as características da elogiada primeira temporada do anime, com base nesse episódio de The Promised Neverland a série parece tomar algumas liberdades em nome do ritmo da história.

A fuga das crianças

The Promised Neverland
The Promised Neverland/Divulgação

Caso não tenha assistido à primeira temporada de The Promised Neverland (Yakusoku no Neverland, no original), talvez seja interessante ler nossa matéria falando sobre a produção. Também vale comentar que alguns pequenos spoilers serão inevitáveis para comentar essa estreia da nova leva de episódios.

A trama dessa segunda temporada de The Promised Neverland é uma continuação direta dos eventos da anterior, com Emma e Ray conseguindo fugir do orfanato Grace Fields levando consigo várias crianças e deixando a mãe Isabella derrotada para trás. Agora o alerta máximo soou no mundo dos demônios, e o objetivo dos monstros é recapturar as crianças que criaram com tanto carinho para devorá-las depois.

Enquanto na temporada passada as crianças estavam confinadas em um espaço limitado e planejando uma fuga sem que as responsáveis pelo orfanato descobrissem, esses novos episódios trazem uma mudança de paradigma. Agora todos estão em uma floresta desconhecida e precisam usar a inteligência para não serem capturados pelos demônios. Agora eles não estão mais em um ambiente controlado e conhecido, qualquer animal (ou mesmo vegetal) pode trazer uma ameaça a sobrevivência.

The Promised Neverland
The Promised Neverland/Funimation/Reprodução

Em meio aos desafios do desconhecido e muitos mistérios com pontas soltas (afinal ainda não sabemos quem são os demônios, quem é o misterioso William Minerva ou mesmo qual é o passado de Isabella), nessa segunda temporada as crianças conhecerão novos personagens cuja índole ainda não foi revelada para o espectador.

Mesmo dois anos depois do início da série animada, a equipe de produção do anime se manteve quase a mesma. Mamoru Kanbe segue como diretor, comandando os trabalhos no estúdio CloverWorks, e a música continua nas mãos de Takahiro Obata. A animação está bem fluída e com decisões de direções criativas, mesmo em cenas paradas de conversa, mas as pessoas podem estranhar um pouquinho o grande demônio feito em computação gráfica nesse episódio de estreia.

O nome que é a grande novidade dessa segunda temporada é Kaiu Shirai, o roteirista do mangá, pois ele colaborou com a equipe do anime para produzir tramas inéditas complementares aos quadrinhos originais. Quanto à fidelidade da adaptação, podemos dizer que a equipe tomou algumas decisões corajosas.

Mudanças na adaptação

The Promised Neverland
The Promised Neverland/Funimation/Reprodução

Quem conhece o mangá e vê Emma, Ray e todas as crianças fugindo de um monstro gigantesco na primeira cena pode estranhar a ordem de alguns eventos, ou mesmo a omissão de algumas coisas, e a razão disso é o volume de histórias dos quadrinhos: o episódio adapta dos capítulos 38 ao 45 do mangá (publicado no Brasil pela editora Panini). É bastante inusitada a transposição de tantos capítulos para um único episódio de anime, ainda mais em uma história como The Promised Neverland cheia de diálogos e cenas importantes. 

Para manter o ritmo intenso da fuga das crianças, alguns cortes foram feitos na história original para deixar tudo mais rápido nessa nova temporada. A cena das crianças descobrindo o funcionamento da caneta deixada de herança por Norman e decifrando o mistério de William Minerva leva pouquíssimo tempo para ser solucionado na animação se compararmos com o mangá, no qual Emma e os outros penaram para deduzir o segredo envolvendo código morse e segredos em livros. Além disso, todo o trecho com a armadilha de uma criatura da floresta é suprimido para o anime ir direto para o momento no qual Ray é encontrado pelos demônios responsáveis pelo orfanato Grace Fields.

Embora os cortes e acelerações tenham mantido o sentido da história publicada nos quadrinhos, os personagens pareceram mais "geniais" no anime por resolverem os mistérios muito rapidamente. Esse ritmo até funciona para manter o tom eletrizante da primeira temporada, mas pode incomodar quem gostava dos jogos mentais mais lentos presentes nos episódios anteriores.

The Promised Neverland
The Promised Neverland/Funimation/Reprodução

Vem coisa boa por aí

A história dessa segunda temporada nos quadrinhos não é tão elogiada quanto o arco da fuga do orfanato, mas The Promised Neverland ainda terá bons momentos e deve satisfazer os fãs ávidos pela continuação da história. Vamos descobrir muitas coisas sobre os demônios e a fazenda de crianças, e a presença de uma história feita pelo roteirista do mangá é um atrativo para quem já leu a história até o fim pelos quadrinhos.

A segunda temporada de The Promised Neverland está sendo lançada oficialmente no Brasil pela Funimation, com áudio em japonês e legenda em português. Já a primeira temporada pode ser assistida na Funimation, Crunchyroll e Netflix.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.