HQ/Livros

Lista

Bentô | Mangás de volume único para ler rapidinho

Indicados as melhores leituras para quem quer conhecer o universo otaku

A cozinha
07.04.2021
14h54
Atualizada em
07.04.2021
15h20
Atualizada em 07.04.2021 às 15h20

Muitas pessoas tem vontade de começar a ler animes e mangás, mas ficam intimidados pela quantidade de volumes que obras mais famosas costumam ter. Pensando nisso, no Bentô desta semana separamos seis histórias de volume único que são uma ótima porta de entrada para o universo otaku.

 

Dementia 21

Divulgação

A primeira indicação é Dementia 21, da Editora Todavia. A trama é focada em Yukie Sakai, uma ótima cuidadora de idosos, que vive uma rotina que pode parecer tranquila à primeira vista. No entanto, tudo isso muda rapidamente e sua capcidade de dar conta do recado é testada. O livro é dividido em 17 histórias que focam em diferentes missões de Yukie e fazem um comentário crítico e bem humorado sobre a questão da população idosa no Japão.

Helter Skelter

Divulgação

Helter Skelter é um mangá da NEW POP focado em Ririko, uma jovem modelo que parece ter a vida perfeita: ela está no auge da carreira, é assunto principal do público, mas rapidamente fica claro que grande parte dessa "perfeição" é uma farsa.

A obra fala bastante sobre pressão estética, cobrança sobre os corpos das mulheres, exploração de artistas na indústria do entretenimento e por aí vai. A publicação também toca em como essa fixação com a beleza influenciou toda uma geração, que cresceu com problemas de auto imagem e uma fixação em dietas e procedimentos estéticos.

Nijigahara Holograph

Divulgação

Escrito por Inio Asano e publicado no Brasil pela editora JBCNijigahara Holograph acompanha um grupo de jovens e adultos de uma escola, que passam por várias tragédias e dramas pessoais em um trama não linear e cheia de flashbacks.

Apesar de ser um volune único, Nijigahara Holograph acompanha os personagens ao longo de 10 anos e contém alguns gatilhos de assuntos densos, como bullying, abuso psicológico, violência e por aí vai.

The Wedding Eve

Divulgação

Publicado no Brasil pela Panini, este mangá reúne vários contos que falam sobre relações humanas, com alguns fatores sobrenaturais.

Com personagens bem construídos e uma bela arte, The Wedding Eve faz o público refletir com histórias rápidas, mas profundas, com as quais é fácil se relacionar. É um ótimo mangá para começar o universo otaku, especialmente para quem não se interessa por narrativas infanto-juvenis.

O Gourmet Solitário

Divulgação

Publicado no Brasil pela Conrad, e republicado pela Devir em 2020, O Gourmet Solitário é o tipo de história que pode passar despercebida, por isso trouxemos a indicação.

Nela, o protagonista (cujo nome não é dito) vai andando pelo Japão com fome e passando em diversos restaurantes para experimentar pratos, observar o local e apreciar o momento. Tudo isso é mostrado de forma bem contemplativa, o que faz com a que a história pode ser lida de forma leve - além de dar os fãs uma lista de quais restaurantes visitar no Japão.

Minha Experiência Lésbica com a Solidão

Divulgação

Um dos mangás mais notáveis dos últimos anos, Minha Experiência Lésbica com a Solidão é uma obra autobiográfica de Kabi Nagata, uma mulher adulta que se sente perdida e incapaz de se adaptar às cobranças sociais deste período da vida.

A partir disso, a autora toca em temas como saúde, cobranças sociais, não se encaixar em padrões, saúde mental e por aí vai. O mangá por ser um gatilho para quem está passando por situações semelhantes, mas a autora trabalha tudo isso de forma brilhante e corajosa. 

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.