HQ/Livros

Lista

X-Men - Apocalipse | A trajetória do vilão nos quadrinhos

Como o primeiro mutante surgiu ultrapoderoso e terminou desgastado

Érico Assis
25.05.2016
14h30
Atualizada em
29.06.2018
02h48
Atualizada em 29.06.2018 às 02h48

O vilão interpretado por Oscar Isaac em X-Men - Apocalipse é velho conhecido dos leitores. Criação da década de 1980, desde o início Apocalipse foi pensado como uma grande ameaça, um mutante superpoderoso e ardiloso no nível de Magneto, Clube do Inferno e outros antagonistas do primeiro escalação dos X-Men.

A estreia

None

Apocalipse debutou na série X-Factor há exatamente 30 anos, em maio de 1986. Tendo sua estreia como figura nas sombras, chamado apenas de "O Mestre" na edição 5, no número seguinte ele já apareceu com todas suas cores e músculos. Ele viria a tornar-se o grande vilão desta primeira fase da série, na qual os X-Men originais (Ciclope, Jean Grey, Fera, Homem de Gelo e Anjo) formam uma nova equipe que diverge da missão dos X-Men da época.

Superpoderoso Chefão

None

Na estreia, Apocalipse já define uma estratégia padrão: apesar de superpoderoso e de se virar muito bem no mano a mano, ele prefere ter sempre uma equipe de vilões para fazer o trabalho sujo enquanto fica na retaguarda. A primeira equipe que ele manda para enfrentar o X-Factor chama-se Aliança do Mal. A roteirista Louise Simonson logo se deu conta de que um cara chamado Apocalipse deveria ter "Quatro Cavaleiros" - quarteto que foi montado aos poucos.

Em seus 30 anos de quadrinhos, Apocalipse conseguiu alcançar esse status - mas também esgotou-o rapidamente devido à superutilização. Por mais que o sucesso da história alternativa "A Era do Apocalipse" valha a fama do supervilão, faz tempo que suas reaparições para atazanar a dúzia de equipes mutantes não assustam ninguém.

Os Quatro Cavaleiros

None

Os quatro cavaleiros seguem a lógica bíblica. Apocalipse recruta Pestilência, dos Morlocks (mutantes que viviam nos subterrâneos de Nova York), para ser a Peste, uma garota anoréxica para tornar-se Fome, e um veterano do Vietnã como Guerra. A grande sacada é Morte: Anjo, do X-Factor, que teve suas asas cortadas em outra história, é raptado por Apocalipse e transformado em Arcanjo. A versão do personagem com asas de metal - que continuou nesse tom dark quando voltou a ser herói - marcou época.

Abaixo, relembramos a trajetória de En Sabah Nur, da sua primeira aparição até os dias atuais.

Darwinista Radical

None

O que Apocalipse quer? A sobrevivência dos mais fortes dos mais fortes. Se os mutantes são a raça superior que vai substituir os humanos, o vilão quer botar os mutantes em combate para que só os mais aptos entre a nova raça fiquem vivos. Como revela ao X-Factor, ele vem tentando praticar esta filosofia deste o início dos tempos, posando de deus para civilizações do Egito, Pérsia, Mesoamérica e Índia.

Apocalipse vs. Dracula

None

Em meio à superutilização do personagem, ou como exemplo da mesma, a minissérie Apocalipse vs. Dracula (inédita no Brasil) mostra En Sabah Nur sendo despertado de um cochilo no fim do século 19 para enfrentar o Senhor dos Vampiros. Drácula e vampirinhos chegam a incomodar Apocalipse e o clã que o preserva, mas o vampirão acaba estaqueado e decapitado.

A Era de Apocalipse

None

Com certeza a história mais famosa com o vilão, a saga se passa em uma realidade alternativa na qual a morte de Charles Xavier, antes de formar os X-Men, abriu caminho para Apocalipse dominar o mundo. Nesta outra realidade, heróis e vilões do universo mutante estão com posições trocadas, num conflito, hã, apocalíptico que acaba levando ao "conserto" da linha temporal. A realidade alternativa vez por outra pipoca nos quadrinhos, porém.

Sequestrador de Bebês

None

O ápice das brigas entre Apocalipse e X-Factor (e também o fim da primeira versão da equipe) se deu quando o vilão raptou Nathan Summers, filho bebê de Ciclope, e infectou-o com o vírus tecnorgânico. Embora a equipe tenha vencido o vilão, o vírus é imbatível - o que exige que o bebê seja enviado ao futuro distante para ser tratado. Ele voltará ao presente da nossa linha temporal já crescido, com o nome Cable.

A Ascensão de Apocalipse

None

Foi depois de sua história mais famosa, A Era de Apocalipse, que o vilão ganhou sua primeira minissérie solo e uma origem fixa. Ele nasceu no Egito Antigo, já com a pele cinza e os traços azuis, e foi adotado por salteadores do deserto. Sua filosofia de sobrevivência dos mais fortes se desenvolve nessa época - assim como a descoberta de tecnologia dos seres cósmicos Celestiais, que vai ajudá-lo em toda a carreira vilanesca.

En Sabah Nur

None

Ficamos sabendo que Apocalipse tem um alter ego e que sua origem é egípcia. Ele chama-se "En Sabah Nur", que, segundo a tradução Marvel, significa "O Primeiro". Fãs debatem na web se esse nome não teria sido uma bola fora dos roteiristas ou mesmo erro ortográfico - "En Sabah Nur" quer dizer "luz da manhã" em turco, e "en" não existe em egípcio. Como a Marvel nunca se pronunciou, alguns fãs aceitam que o nome vem do "egípcio arcaico ficcional".

Sonecas

None

Apocalipse gosta de dormir. Como anda por aí há cinco mil anos, periodicamente ele entra em hibernação para recuperar poderes ou simplesmente esperar. Uma das últimas sonecas começou no final do século 19 e devia durar 200 anos - só que ele acabou acordando antes, despertado pela chegada de Cable no presente. Periodicamente surge uma nova história para preencher esses 5.000 anos, um e outro cochilo, um e outro despertar abrupto.

Século 39

None

Apocalipse e Cable estão ligados desde a infância do filho de Ciclope, e a história deles vai até o futuro BEM distante. No século 39, quando Nathan Summers cresce sendo tratado do vírus tecnorgânico, Apocalipse é um tirano que dominou o mundo. A briga entre os dois inclui clones, filhos (adotivos ou não) e uma salada de viagens temporais que só o Deadpool teria saliva para explicar. Cable torna sua missão de vida derrotar Apocalipse.

Sobreutilizado / Inutilizado

None

Depois de sua fase como grande vilão do X-Factor e de Era do Apocalipse, o vilão da armadura azul já apareceu tantas vezes nos quadrinhos dos X-Men - e, obviamente, foi derrotado, ou morreu, ou renasceu, ou morreu de novo e renasceu de novo - que virou uma ameaça que não ameaça ninguém. Até as tentativas de usá-lo em outros núcleos da Marvel - contra Hulk ou os Vingadores, por exemplo - acabam não surtindo muito efeito.

Evan Sabahnur

None

Uma das versões interessantes do personagem se dá quando ele ressuscita como uma criança, rapidamente transformada em adolescente numa macumba tecnológica. O garoto - chamado Evan Sabahnur, Kid Apocalipse e Genesis - não é necessariamente do mal, e virou aluno da Escola Jean Grey de Estudos Avançados. Nas histórias atuais, ele é integrante mirim dos X-Men e deve passar por uma transformação na saga "Apocalypse Wars", que rola lá fora neste mês.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.