Daryl em cena do oitavo episódio da 11ª temporada

Créditos da imagem: Divulgação

Séries e TV

Notícia

Walking Dead encerra primeira parte da 11ª temporada com gancho frustrante

Final interrompeu ação no meio; série volta em 20 de fevereiro

Beatriz Amendola
11.10.2021
15h39
Atualizada em
11.10.2021
15h53
Atualizada em 11.10.2021 às 15h53

The Walking Dead pôs fim à primeira parte de sua 11ª e última temporada no último domingo (10). Contrariando a boa leva de episódios que o antecederam, no entanto, o final acabou por deixar uma ponta de frustração com os ganchos que deixou para a segunda parte -- que já teve sua estreia anunciada para o dia 20 de fevereiro.

Atenção: no texto abaixo há spoilers do oitavo episódio da 11ª temporada de The Walking Dead.

“Por Sangue”, o oitavo episódio da temporada, se dividiu em duas frentes. Na primeira, em Meridian, o público acompanhou a situação de Daryl (Norman Reedus) com os Ceifadores, enquanto Maggie (Lauren Cohan) liderava uma operação para conseguir comida no local; a outra frente, por sua vez, estava em Alexandria, onde os sobreviventes lidavam com uma forte tempestade e os danos causados por ela.

Em Meridian, os problemas começaram cedo, quando os Ceifadores notaram a horda de Maggie -- que adotou a técnica dos Sussurradores de usar máscaras feitas com a pele dos zumbis -- se aproximando. Pope (Ritchie Coster) enviou seu soldado Paul Wells (Robert Hayes) para afastá-los. Paul, no entanto, acabou morto por Maggie.

Isso intensificou a tensão entre Pope e Leah (Lynn Collins), que não ficou feliz em saber que o líder já suspeitava que sua rival pudesse estar do lado de fora. Mais tarde, isso culminou no maior acontecimento do episódio: Leah matou Pope quando ele, já sabendo que Maggie e seus aliados haviam entrado na base, ordenou que fosse usada a hwacha, uma espécie de arma medieval usada para disparar flechas com fogo -- sem se importar com quantos Ceifadores morreriam no ato.

Daryl, que havia desenvolvido um relacionamento com Leah, viu isso como a oportunidade de os dois fugirem juntos para construírem uma vida em Alexandria. Mas as coisas não são tão simples assim; afinal, os Ceifadores se tornaram a família de Leah, da mesma forma que Daryl também criou uma família para chamar de sua. Ela, então, traiu Daryl, dizendo aos colegas que ele foi o responsável pela morte de Pope e comandando o uso da hwacha, depois de orientar seus colegas a recuarem.

Enquanto isso...

Em Alexandria, as medidas para conter os efeitos da tempestade fizeram com que o grupo se dividisse. Mas acompanhamos, principalmente, os sobreviventes abrigados em uma casa, onde estão todas as crianças. A ação, por lá, foi pausada por pequenos momentos dedicados a Judith (Cailey Fleming) e à saudade que ela sente da mãe, Michonne (Danai Gurira). Em uma cena delicada, Virgil (Kevin Carroll) falou sobre como Michonne está presente em Judith, do modo que ela segura a espada à forma como ela mantém as outras crianças se sentindo seguras.

Esse momento é imprescindível para o destino de Judith no episódio: enquanto a casa era atacada por zumbis que conseguiram se infiltrar pelo muro de Alexandria, Judith saiu em busca de Gracie (Anabelle Holloway), que estava no porão em busca de uma arma que pudesse usar, tal qual a amiga. Judith quebrou um cabo de vassoura para ela, mas quando ambas voltaram, descobriram que os zumbis já estavam na sala de casa. As duas então retornaram para o porão… mas quanto tempo a porta vai aguentar, é um mistério.

O problema

Embora “Por Sangue”, como um todo, seja um bom episódio e traga desenvolvimentos muito interessantes para Daryl e Judith, os dois ganchos deixados por ele não deixam de ser um pouco frustrantes. A sensação, ao fim, é que o episódio foi interrompido sem que suas sequências de ação conseguissem, propriamente, decolar. Tanto a guerra contra os Ceifadores quanto o destino de Judith em Alexandria terão de esperar até fevereiro, quando a série retorna para a segunda parte da temporada.

Os novos episódios de The Walking Dead são exibidos pelo Star+.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.