S10E11 de The Walking Dead

Créditos da imagem: The Walking Dead/AMC/Divulgação

Séries e TV

Artigo

The Walking Dead aquece episódio morno da 10ª temporada com batalha

"Morning Star" é um filler com alguns bons momentos para compensar

Arthur Eloi
11.03.2020
16h38

Desde a saída de Rick (Andrew Lincoln), The Walking Dead passa por uma boa fase com roteiros melhores e bom controle do ritmo e tensão. A segunda metade da 10ª temporada segue muito bem, mas é esperado que eventualmente algo deixaria a desejar. O episódio 11 é, infelizmente, esse pequeno deslize - ainda que encontre formas de compensar os erros.

[Cuidado! Spoilers do S10E11 de The Walking Dead abaixo]

Morning Star” lembra bastante um capítulo filler da era Scott Gimple, o antigo showrunner. Ou seja, muito da trama parece existir apenas como preparação para algo maior que virá nas próximas semanas. Aqui, isso significa muito diálogo mas com pouco a ser dito. O núcleo de Hilltop é reintroduzido ao programa, mas apenas como cenário para um conflito, sem nenhum avanço significativo.

O que mais ganha atenção é Eugene (Josh McDermitt), que há certo tempo se comunica com uma voz misteriosa através do rádio. O arco é vital para a próxima etapa do programa, quando saírem os Sussurradores e a Commonwealth - comunidade do tamanho de uma cidade - for introduzida. Isso, porém, ainda não está próximo de acontecer, mas é bom ver a relação do personagem com esse vindouro ponto de virada sendo trabalhada. Assim, as grandes novidades não parecerão gratuitas no futuro.

O episódio segue a fórmula de filler, mas compensa a espera com um pouco de ação nos momentos finais. Ao invés de jogar o embate entre os sobreviventes e a horda dos Sussurradores para frente, a briga já começa aqui com o grupo tendo que se proteger de uma ofensiva noturna. É facilmente o destaque, especialmente ao colocar os protagonistas em risco real já que estão em menor número. Eles lutam da melhor forma que conseguem, mas isso não impede que os zumbis derrubem as defesas, enquanto os antagonistas incendeiam os muros da comunidade. “Morning Star” perde um pouco do fôlego da temporada, mas pelo menos entrega algo de bom para os fãs não ficarem de mãos vazias.

No Brasil, The Walking Dead é transmitida aos domingos pelo canal pago Fox, às 22h10, e também pelo streaming Fox App.