HQ/Livros

Notícia

Pintura de Tintim na América é a obra de HQ mais cara do mundo

A mesma peça havia quebrado o recorde quatro anos atrás

Érico Assis
06.06.2012
00h00
Atualizada em
29.06.2018
02h47
Atualizada em 29.06.2018 às 02h47

A pintura em guache e nanquim que Hergé fez para a capa de Tintim na América é oficialmente - e pela segunda vez - a obra relacionada a quadrinhos mais cara do mundo. A casa de leilões parisiense Artcurial vendeu-a no último fim de semana por € 1,3 milhão (R$ 3,3 mi).

Em 2008, a mesma peça - na época identificada como óleo sobre tela - já tinha atingido o recorde de 764 mil euros. De lá para cá, o filme de Tintim ajudou a praticamente dobrar o valor da obra.

O comprador milionário preferiu permanecer anônimo. No mesmo leilão, havia quase 300 peças relacionadas a Tintim e quase todas foram vendidas. Entre os destaques, primeiras edições dos álbuns que atingiram entre 30 e 60 mil euros e um esboço de página que saiu por 167 mil (R$ 423 mil). Vale a pena conferir a lista completa do leilão, com imagens e preços, aqui.

Leia mais sobre Tintim

tintim na américa

None
A arte recordista de Tintim na América