Zé do Caixão

Créditos da imagem: Divulgação

Filmes

Notícia

MIS exibirá À Meia Noite Levarei a Sua Alma de graça no sábado (20)

Sessão no SPCine Play terá comentários de especialistas

Arthur Eloi
19.06.2020
14h48
Atualizada em
19.06.2020
16h49
Atualizada em 19.06.2020 às 16h49

Para celebrar o Dia do Cinema Nacional, que acontece em 19 de junho, o Museu da Imagem e Som exibirá À Meia Noite Levarei a Sua Alma, clássico de 1964 de José Mojica Marins que marca o primeiro filme de horror brasileiro. A sessão, que ocorre no sábado, 20 de junho, às 16h, será através do serviço de streaming gratuito SPCine Play.

Após a sessão, no canal do youtube do MIS, haverá ainda debate de especialistas, como Ivan Finotti e André Barcinski, que assinam a biografia de José Mojica Marins; do pesquisador, crítico de cinema e jornalista Marcelo Miranda, do podcast Saco de Ossos; e do diretor e roteirista Paulo Biscaia; tudo com mediação de Carlos Primati, pesquisador especializado em cinema fantástico.

A exibição acontece às 16h, e é preciso se inscrever em um formulário do MIS aqui. O bate-papo ocorre logo em seguida, às 18h.

Lançado em 1964, À Meia Noite Levarei A Sua Alma é considerado o primeiro filme de horror brasileiro, e marca a estreia do Zé do Caixão, personagem vivido por Mojica Marins. Na trama, ambientada em uma cidade do interior de São Paulo, o Zé do Caixão parte em uma busca perversa pela mulher ideal para parir sua cria. Além de alavancar o gênero no Brasil, mesmo que repleto de controvérsias, o clássico é considerado pelo Omelete um dos 31 Filmes Essenciais do Terror.