Séries e TV

Lista

Smallville | Lex Luthor presidente: o que aconteceria hoje segundo a série

Salto temporal da série previu como seria o mundo em 7 de novembro de 2018

Rafael Gonzaga
07.11.2018
19h00

O dia 7 de novembro de 2018 é um dia marcante para os fãs de Smallville, a série clássica da ascensão do Superman que foi protagonizada por Tom Welling entre 2001 e 2011. No episódio final da série, exibido em 13 de maio de 2011, após Clark empurrar Apokolips para longe do planeta Terra e salvar definitivamente a humanidade, há um salto temporal que avança sete anos no tempo, chegando na data fatídica. Ao avançar no tempo e chegar no que hoje são os dias atuais, o público reencontra personagens queridos - e outros nem tão queridos assim - em situações curiosas. Relembre como seria o mundo em 2018 segundo a série da CW:

Lex Luthor chega à presidência dos EUA

A eleição presidencial norte-americana de 2018 terminou com um dos resultados mais chocantes de todos os tempos: o cientista maluco e magnata corporativista Lex Luthor (Michael Rosenbaum) foi eleito presidente dos Estados Unidos. A informação é revelada ao público em meio ao caos do Planeta Diário: uma televisão mostra o vilão chegando ao cargo político máximo. Vale lembrar que, licença poética à parte, esse acontecimento não faz muito sentido, já que as eleições presidenciais nos EUA aconteçam a cada quatro anos e 2018 não é um ano eleitoral por lá.

Perry White editor-chefe do Planeta Diário

Perry White (Michael McKean) teve uma longa jornada pessoal e profissional, com altos e baixos, mas, em 2018 tudo terminou muito bem para ele: no flashforward, o público vê o nome dele na porta do editor chefe do Planeta Diário. White era um repórter em ascensão no Planeta Diário quando viu a carreira ser destruída por Lionel Luthor (John Glover). Enfrentou alcoolismo e uma vida miserável até um encontro com Clark mudar sua vida - ele voltou a ser um repórter qualificado, se tornou editor internacional e, por fim, chegou ao cargo de editor-chefe do jornal.

Finalmente, uma troca de alianças?

No episódio duplo de encerramento de Smallville, parte da trama é dedicada a mostrar o casamento de Lois (Erica Durance) e Clark. Os dois estão no altar e terminam de dizer os votos, mas, bem na hora da troca de alianças, Chloe (Allison Mack) percebe que o Darkseid preparou uma armadilha para destruir o Superman e a cerimônia é interrompida bruscamente. Demoram sete anos para o casal realizar a troca de alianças - mas, ainda assim, as coisas não são simples. Clark mostra as alianças para Lois e, em seguida, uma ameaça de bomba faz com que o Superman precise entrar em ação.

O filho de Oliver Queen e Chloe

No salto temporal, o público conhece uma versão mais crescida do filho de Chloe Sullivan e Oliver Queen (Justin Hartley), Jonathan (Mathias Luers). Sete anos depois de Clark se tornar definitivamente o Superman em 2011, Chloe lê para o filho uma história em quadrinhos baseada nas aventuras de Clark. Depois que Chloe se despede do menino em seu quarto e dá um beijo de boa noite no menino, o público vê Jonathan olhando uma aljava cheia de flechas vermelhas e amarelas, parecidas com as que Oliver tinha na sétima temporada.

James Olsen seguindo os passos do irmão

No meio do caos do Planeta Diário, Lois encontra com um James Olsen, o irmão mais novo do falecido Henry Olsen (Aaron Ashmore), já mais velho - e também interpretado por Ashmore - e curiosamente trabalhando na mesma função do primogênito de sua família. James mostra algumas fotos do Superman para Lois, que pede mais grandiosidade nas imagens que envolvem o Superman e relembra o rapaz do legado que irmão dele deixou para a empresa. Vale lembrar que James foi apresentado na oitava temporada, no funeral do seu irmão mais velho.