Séries e TV

Notícia

Supergirl | Novo Superman da TV será mais otimista que o do cinema, diz produtor

Andrew Kreisberg lista Christopher Reeve, série dos anos 90 e até Superamigos como influência

Bruno Silva
25.08.2016
19h54
Atualizada em
29.06.2018
02h46
Atualizada em 29.06.2018 às 02h46

Uma das principais novidades da segunda temporada de Supergirl é a introdução do Superman, que apareceu brevemente no início da série e agora ganhará mais cenas, interpretado por Tyler Hoechlin. De acordo com o produtor Andrew Kreisberg, a versão da TV será mais otimista do que a dos cinemas, onde o herói é interpretado por Henry Cavill.

None

"Acho que nossa versão dele é provavelmente um pouco mais tradicional. Ainda há um pouco daquele ar auto-depreciativo, mas ele já é Superman há algum tempo, mas ele também tem mais conhecimento do seu papel como Superman e como Clark", afirmou Kreisberg em entrevista ao Collider. "Se ele é o Superman há 12 anos, ele também é Clark Kent há 12 anos. Ele sabe entrevistar as pessoas e contar uma história."

O produtor diz que não fará nenhuma adaptação direta de uma HQ, mas pegará elementos favoritos de várias mídias. "Há um pouco do Superman de Christopher Reeve ali, uma boa dose da série animada do Superman, da qual somos grandes fãs, um pouco de Lois & Clark, um pouco de George Reeves, e até um pouco de Superamigos", lista.

Sobre a escolha de Hoechlin para o papel, Kreisberg diz que a ideia foi do produtor executivo Greg Berlanti"Somos fãs dele há anos. Ele tem o visual, e também é um cara muito legal, de bom com a vida. Você se sente melhor ao lado dele, e acho que isso é parte do segredo do Superman. Ele é este ideal, mas não de uma maneira inatingível. O Superman faz você sentir que pode fazer qualquer coisa, mesmo que só ele possa. E Tyler tem tudo isso", diz o produtor.

Supergirl retorna em 10 de outubro nos EUA pelo canal The CW. No Brasil, a transmissão da série fica a cargo da Warner.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.