Todos os filmes baseados na obra de Stephen King

Créditos da imagem: O Iluminado e It: A Coisa/Warner Bros/Divulgação

Filmes

Lista

Todos os filmes baseados na obra de Stephen King

Reunimos em uma lista todas as adaptações para o cinema do escritor americano

Natália Bridi e Julia Sabbaga
05.09.2019
10h03
Atualizada em
05.09.2019
16h51
Atualizada em 05.09.2019 às 16h51

As mais de 400 publicações dos trabalhos de Stephen King (entre romances, contos,  poemas, antologias e livros de não ficção) já serviram de base para diversos filmes e séries de TV, incluindo os recentes A Torre Negra e It, A Coisa. As tramas giram em torno de assombrações, personagens com poderes psíquicos, realidades alternativas, invasões alienígenas e máquinas assassinas, sempre com humor negro e um toque de melancolia.

A seguir, listamos todos os longas-metragem baseados na obra do escritor americano que passaram pelos cinemas:

Carrie: A Estranha

United Artists/Divulgação

O primeiro romance publicado de King também foi a primeira adaptação da sua obra para o cinema. O livro de 1974 chegou às telas pelas mãos de Brian De Palma em 1976 com Sissy Spacek no papel-título. A trama sobre a adolescente com poderes telecinéticos que sofre com a mãe abusiva e os colegas de escola também ganhou um  versão musical na Broadway em 1988, uma continuação em 1999 (A Maldição de Carrie) e mais duas novas adaptações: para a TV em 2002, estrelada por Angela Bettis e com roteiro de Bryan Fuller, e para os cinemas em 2013, com Chloë Grace Moretz como Carrie.

O Iluminado (The Shining)

Warner Bros/Divulgação

Publicado em 1977, o romance foi o primeiro grande sucesso de King. Porém, para desgosto do escritor, Stanley Kubrick adaptou em 1980 a história de isolamento e violência da família de Jack Torrance no Overlook Hotel. King, que foi contra a escalação de Jack Nicholson, descreve a versão como um “carro de luxo sem motor”, com muita estética e pouco conteúdo. Sua resposta veio em 1997, quando fez questão de assinar o roteiro da minissérie para a TV baseada no livro. Em 2013, o autor lançou Doutor Sono, que continua a história de Danny Torrance.

Creepshow: Show de Horrores

Warner Bros./Divulgação

A antologia de horror lançada em 1982 tem direção de George A. Romero e roteiro do próprio Stephen King. São cinco histórias, duas baseadas nos contos "Weeds", de 1976, e "The Crate", de 1979, e as demais escritas especialmente para o longa. O filme também marca a estreia de King como ator no segmento "The Lonesome Death of Jordy Verrill". Ele interpreta um caipira que descobre um meteorito e acaba liberando uma praga alienígena.

Cujo

Warner Bros./Divulgação

O filme de 1983 tem como base o romance lançado em 1981. Escrito em um período de alto consumo de álcool, King diz que mal lembra do processo de criação da história sobre um São Bernardo com raiva que acua uma mãe e seu filho dentro de um carro.Hoje cultuado, o longa de Lewis Teague dividiu a crítica e teve uma arrecadação modesta (US$ 21 milhões) na  época do seu lançamento.

A Hora da Zona Morta (The Dead Zone)

Paramount Pictures/Divulgação

Dirigido por David Cronenberg, o filme de 1983 adapta o livro de 1979 sobre um homem que acorda de um coma e descobre ter problemas psíquicos. Christopher Walken e Martin Sheen estrelam a adaptação para os cinemas. O romance também serviu de base para uma série de TV estrelada por Anthony Michael Hall, exibida entre 2002 e 2007 pelo USA Network.

Christine, O Carro Assassino

Columbia Pictures/Divulgação

Lançado em 1983, o livro ganhou uma adaptação no mesmo ano pelas mãos John Carpenter. Recebido com pouco entusiasmo pela crítica da época, o filme sobre o carro possuído por um espírito maligno é hoje considerado um clássico cult.

Colheita Maldita (Children of the Corn)

New World Pictures/Divulgação

O conto “Children of the Corn”, publicado originalmente na edição de março de 1977 da revista masculina Penthouse, rendeu diversas adaptações, a começar pelo curta-metragem “Disciples of the Corn”, de 1983. No ano seguinte, a história sobre uma comunidade de crianças que assassina adultos em prol de uma boa colheita chegou aos cinemas iniciando uma franquia que rendeu mais 7 filmes e um remake para a TV lançado em 2009.

Chamas da Vingança (Firestarter)

Universal Studios/Divulgação

O filme de 1984 tem como base o romance publicado em 1980 sobre um casal que ganha poderes telecinéticos depois de passar por experimentos e tem uma filha pirocinética. Uma jovem Drew Barrymore estrela o longa ao lado de Martin Sheen e George C. Scott. A história ganhou uma continuação para a TV em 2002 (Firestarter 2: Rekindled) e Barrymore reviveu sua personagem em uma esquete do Saturday Night Live em 2007.

Olhos de Gato (Cat's Eye)

Metro-Goldwyn-Mayer/Divulgação

Com roteiro de King, a antologia de terror de 1985 adapta os contos “Quitters, Inc.", de 1978, e "The Ledge", de 1976, além de uma história inédita escrita especialmente para o filme. O elenco conta com Drew Barrymore e James Woods e a direção é de Lewis Teague, que também comandou Cujo (1983).

A Hora do Lobisomem (Silver Bullet)

Paramount Pictures/Divulgação

King escreveu o roteiro do filme de 1985 que adapta a novela Cycle of the Werewolf, de 1983, sobre um lobisomem que aterroriza uma pequena cidade. Apesar de ter sido escrito pelo próprio King, o longa não é fiel ao texto original, alterando personagens e alguns pontos da trama. O longa faturou apenas US$ 12,3 milhões nas bilheterias e foi recebido com pouco entusiasmo pela crítica.

Comboio do Terror (Maximum Overdrive)

De Laurentiis Entertainment/Divulgação

Baseado no conto “Trucks", publicado originalmente na revista Cavalier em 1973, o filme de 1986 sobre caminhões assassinos marca a única empreitada de King como diretor e contou com a participação do AC/DC na trilha sonora. Rendeu uma  indicação ao Framboesa de Ouro de Pior Diretor para King e de pior ator para Emilio Estevez (os dois perderam para Prince em Sob o Luar da Primavera). Em uma entrevista recente para divulgar a adaptação para a TV de Under the Dome, King admitiu que Comboio do Terror foi a pior adaptação do seu trabalho.

Conta Comigo (Stand by Me)

Columbia Pictures/Divulgação

Rob Reiner dirige o filme de 1986 baseado na novela “The Body”, de 1982.  Will Wheaton, River Phoenix, Corey Feldman e Jerry O'Connell estrelam o longa sobre a jornada de quatro garotos para encontrar o corpo de um garoto desaparecido. Recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Roteiro Adaptado e foi um sucesso de crítica e público (US$ 52,2 milhões para um orçamento de US$ 8 milhões). É um dos filmes mais influentes da década de 80, sendo uma das grandes inspirações para Stranger Things.

A Return to Salem's Lot

Warner Bros./Divulgação

O filme de 1987 é uma continuação para a minissérie de 1979 baseada no livro de 1975. Tobe Hooper comanda a versão para a TV e Larry Cohen dirigiu o filme, que teve uma curta passagem pelas cinemas e depois foi lançado em VHS. A sequência segue um homem e seu filho que resolvem tirar férias em uma cidade infestada por vampiros.

O Sobrevivente (The Running Man)

TriStar Pictures/Divulgação

Arnold Schwarzenegger estrela o filme de 1987 baseado no romance de 1982 publicado sob o pseudônimo Richard Bachman. A trama se passar um EUA distópico entre 2017 e 2019 onde criminosos são condenados a participar do programa de TV The Running Man, onde precisam fugir de assassinos profissionais.

O Cemitério Maldito (Pet Sematary)

Paramount Pictures/Divulgação

O filme de 1989 adapta o livro de 1983 sobre um cemitério que tem o poder de “reviver” animais e pessoas, mas com consequências malignas. Com roteiro do próprio King e um orçamento de US$ 11,5 milhões, arrecadou US$ 57,5 milhões nas bilheterias dos EUA. Ganhou uma continuação em 1992, também dirigida por Mary Lambert, mas sem repetir o sucesso de público e crítica. Em 2019, uma segunda adaptação foi lançada, com direção de Kevin Kölsch e Dennis Widmyer, recebendo críticas mistas mas com um bom resultado nas bilheterias, arrecadando US$ 112,4 milhões com um orçamento de US$ 21 milhões.

Contos da Escuridão

Paramount Pictures/Divulgação

A antologia de 1990 adapta apenas um conto de King, "The Cat from Hell", publicado originalmente na edição de março de 1977 da revista Cavalier. George A. Romero dirige o curta sobre um assassino que é contratado para matar um gato.

A Criatura do Cemitério (Graveyard Shift)

Paramount Pictures/Divulgação

O filme de 1980 tem como base o conto "Graveyard Shift", publicado originalmente na edição de outubro de 1970 da revista Cavalier, e conta a história de uma fábrica têxtil infestada por ratos e onde diversos funcionários morreram misteriosamente no turno da noite. Mal recebido pela crítica, o filme de US$ 10,5 milhões arrecadou US$ 11,5 milhões nas bilheterias.

Louca Obsessão (Misery)

Columbia Pictures/Divulgação

O filme de 1990 dirigido por Rob Reiner (que também comandou Conta Comigo) tem como base o romance publicado por King em 1987. No suspense psicológico, Kathy Bates dá vida a assustadora Annie Wilkes, que aprisiona Paul Sheldon (James Caan), o seu escritor favorito, forçando-o a escrever novas histórias sobre a personagem Misery Chastain. Bates recebeu o Oscar de melhor atriz por sua atuação no longa, que o próprio King coloca entre as suas dez adaptações favoritas da sua obra.

O Passageiro do Futuro ( The Lawnmower Man)

New Line Cinema/Divulgação

O terror de ficção científica de 1992 apenas usa o título e uma cena do conto publicado por King na edição de maio de 1975 da revista Cavalier. King processou a New Line Cinema para que seu nome fosse removido do longa já que a história não tinha qualquer semelhança significativa com o texto original. The Lawnmower Man: A Suburban Nightmare, curta-metragem lançado em 1975, é mais fiel ao conto sobre um maníaco que usa um cortador de grama como arma.

Sonâmbulos (Sleepwalkers)

Columbia Pictures/Divulgação

O filme de 1992 tem roteiro original de King. A trama foca em uma mãe e seu filho de natureza sobrenatural que se mudam para uma cidade pequena em busca de uma virgem para se alimentar. Com um orçamento de US$ 15 milhões, o longa chegou a uma arrecadação de US$ 30,5 milhões nos EUA.

A Metade Negra (The Dark Half)

Orion Pictures/Divulgação

Lançado em 1993, o filme tem direção de George A. Romero e usa como base o livro publicado em 1989. King escreveu a história sobre o alter ego de um autor que quer dominar a sua vida depois que o seu pseudônimo, Richard Bachman, foi revelado para o público. Timothy Hutton e Michael Rooker integram o elenco.

Trocas Macabras (Needful Things)

Columbia Pictures/Divulgação

Lançado em 1991, o livro é o primeiro escrito por King após a sua reabilitação das drogas e do álcool e foi adaptado em 1993 por Fraser C. Heston. A história sobre uma loja que atende todos os desejos dos seus clientes (mas pode cobrar um preço mais alto do que aparenta) contava com Max von Sydow e Ed Harris no elenco. Em 2014, o episódio “Something Ricked This Way Comes” de Rick and Morty faz referência ao livro/filme, com Rick levando o diabo (dublado por Alfred Molina) à falência.

Um Sonho de Liberdade (The Shawshank Redemption)

Columbia Pictures/Divulgação

O filme escrito e dirigido por Frank Darabont em 1994 usa como base a novela Rita Hayworth and Shawshank Redemption, publicada em 1982. King, que permite que aspirantes a cineastas adaptem seus contos por apenas US$ 1, ficou bastante impressionado com o trabalho de Darabont no curta-metragem sobre o conto The Woman in the Room, de 1978. Por Shawshank Redemption, o escritor recebeu um cheque de US$ 5 mil pelos direitos de adaptação, que ele enquadrou e enviou para Darabont com um bilhete: "Caso você precise de dinheiro de fiança. Amor, Steve". O filme recebeu 7 indicações ao Oscar.

Mangler, O Grito de Terror

New Line Cinema/Divulgação

Tobe Hooper, que comandou a versão para a TV de A Mansão Marsten (Salem's Lot), assina o filme de 1995  baseado no conto “The Mangler”, publicado na edição de dezembro de 1972 da revista Cavalier. O longa sobre uma passadeira industrial e um congelador assassinos não foi bem aceita por público e crítica na época do seu lançamento, mas a trama esdrúxula ganhou admiradores ao longo dos anos e hoje é considerada um clássico B. Rendeu duas sequências lançadas em home vídeo: Pânico Virtual (2002) e Mangler - O Massacre (2005).

Eclipse Total (Dolores Claiborne)

Columbia Pictures/Divulgação

O filme de 1995, baseado no romance lançado em 1992, marca o retorno de Kathy Bates ao universo de King (depois de Louca Obsessão) na pele de uma mulher acusada de matar a sua patroa idosa. Jennifer Jason Leigh vive a filha, que retorna a sua cidade natal para lidar com os atos da mãe, descobrindo os segredos do seu passado. Com direção de Taylor Hackford e roteiro de Tony Gilroy, o filme foi bem recebido pela crítica e é considerado pela revista Time como uma das dez melhores adaptações da obra de King.

Às Vezes Eles Voltam (Sometimes They Come Back)

CBS/Divulgação

O filme para a TV lançado  em 1991 tem como base o conto publicado na edição de março de 1974 da revista Cavalier. Na história, um homem é assombrado por adolescentes que morreram na sua juventude. Ganhou duas sequência lançadas apenas em vídeo: Às Vezes Eles Voltam 2, de 1996, e Às Vezes Eles Voltam... Para Sempre!, de 1998.

A Maldição (Thinner)

Paramount Pictures/Divulgação

No filme de 1996 baseado no romance publicado em 1984, um advogado obeso passa a perder peso incontrolavelmente depois ser amaldiçoado por uma cigana. Dirigido por Tom Holland (Brinquedo Assassino, A Hora do Espanto), foi um fracasso de público e crítica na época do seu lançamento.

Vôo Noturno (The Night Flier)

New Line Cinema/Divulgação

O filme de 1997 tem como base o conto publicado originalmente na antologia Prime Evil, em 1988. Na trama, uma repórter caça um vampiro que usa um avião para se locomover até as suas vítimas. Foi um fracasso de público e crítica.

O Aprendiz (Apt Pupil)

TriStar Pictures/Divulgação

Dirigido por Bryan Singer e estrelado por Ian McKellen e Brad Renfro, o filme de 1998 usa como base a novela publicada em 1982 sobre um adolescente fascinado pelo holocausto que descobre ter um nazista como vizinho. O filme foi um fracasso de público (faturando US$ 8,9 milhões para um orçamento de US$ 14 milhões) e dividiu a crítica.

À Espera de um Milagre (The Green Mile)

Warner Bros./Divulgação

Frank Darabont, de Um Sonho de Liberdade, retorna ao universo de King para contar a história publicada em 1996 do encontro entre um oficial do corredor da morte e um condenado com habilidades especiais. Indicado a 4 Oscars (Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante, Roteiro Adaptado e Melhor Som), o longa de 1999 conta com Tom Hanks e Michael Clarke Duncan nos papéis principais.

Lembranças de um Verão (Hearts in Atlantis)

Warner Bros./Divulgação

O filme de 2001 adapta a novela Low Men in Yellow Coats, que integra a coleção Hearts in Atlantis, publicada em 1999. Dirigido por Scott Hicks (Shine - Brilhante), o filme sobre um garoto e sua amizade com um homem com habilidades psíquicas tem Anton Yelchin e Anthony Hopkins no elenco.

O Apanhador de Sonhos (Dreamcatcher)

Warner Bros./Divulgação

Dirigido por Lawrence Kasdan (roteirista de Star Wars e Indiana Jones), o filme de 2003 tem como base o romance publicado por King em 2001 e escrito enquanto o autor se recuperava de um acidente de carro. Na trama, um grupo de amigos descobre que a cidade em que estão acampando foi tomada por alienígenas parasitas. Damian Lewis, Thomas Jane, Jason Lee e Timothy Olyphant integram o elenco, que também conta com Morgan Freeman. Mal recebido pela crítica, o filme também foi um fracasso de bilheteria.

Janela Secreta ( Secret Window)

Columbia Pictures/Divulgação

O longa de 2004 estrelado por Johnny Depp e John Turturro adapta a novela Secret Window, Secret Garden da coletânea Four past Midnight, de 1990. Na trama, dirigida para o cinema por David Koepp, um escritor é acusado de plágio por um estranho homem. O filme teve um sucesso moderado de bilheteria (US$ 92,9 milhões para um orçamento de US$ 40 milhões) e dividiu a crítica na época do seu lançamento.

Montado na Bala (Riding the Bullet)

Innovation Film/Divulgação

Mick Garris, que a versão para a TV de O Iluminado, assina o roteiro e a direção do filme de 2004 baseado na novela de 2000. Na trama, um homem pega carona para chegar ao hospital em que sua mãe está morrendo, mas o motorista tem um segredo mortal. Com um lançamento limitado o filme arrecadou pouco mais de US$ 134 mil nos cinemas dos EUA.  

1408

Dimension Films/Divulgação

O filme de 2007 usa como base o conto de 1999 lançado originalmente como parte da coletânea de audiobook Blood and Smoke. Na trama, um especialista em desmascarar supostas ocorrências paranormais investiga o quarto 1408 do Hotel Dolphin, mas acaba encontrando terror genuíno. John Cusack e Samuel L. Jackson estrelam o longa, que recebeu boas críticas e teve uma boa arrecadação (US$ 132 milhões para um orçamento de US$ 24 milhões). Quatro finais foram rodados para o longa, todos diferentes da conclusão da história de King.

O Nevoeiro (The Mist)

Metro-Goldwyn-Mayer/Divulgação

Lançado em 2007, o filme de Frank Darabont (de Um Sonho de Liberdade e À Espera de Um Milagre) usa como base a novela de King publicada originalmente na coletânea Dark Forces, em 1980. Thomas Jane, Marcia Gay Harden, Samuel Witwer e Toby Jones estrelam o longa sobre uma cidade tomada por um misterioso nevoeiro. Apesar das críticas positivas, não foi um grande sucesso de bilheteria (US$ 58 milhões arrecadados para um orçamento de US$ 18 millhões). Uma adaptação para a TV foi lançada em 2017 com 10 episódios e será exibida no Brasil pela Netflix.

No Smoking

Eros International/Divulgação

Baseado no conto “Quitters, Inc.”, de 1978, o filme de 2007 é a primeira adaptação indiana de uma história de King. O mesmo conto, sobre o vício de um homem por cigarros, foi adaptado em um dos segmentos do filme Olhos de Gato, de 1985. Com elementos surrealistas, de horror e humor negro, não foi bem recebido pelo público indiano, sendo um dos maiores fracassos daquele ano no país.

Sede de Vingança (Dolan's Cadillac)

G2 Pictures/Divulgação

O filme de 2009 usa como base o conto publicado originalmente por King na newsletter Castle Rock entre fevereiro e junho de 1985. Na trama, um jovem quer se vingar da morte da esposa, assassinada por um mafioso em Las Vegas. Foi lançado direto em DVD.

A Good Marriage

Screen Media Films/Divulgação

O próprio King assina o roteiro do filme que adapta a novela publicada na coletânea de 2010 Full Dark, No Stars. Na trama, uma mulher descobre um sinistro segredo do marido depois de 25 anos de casamento. Foi recebido com desdém pela crítica.

Pacto Maligno (Mercy)

Universal Studios/Divulgação

O filme de 2014 tem como base o conto “Gramma”, publicado originalmente pela revista Weirdbook em 1985. No filme, lançado diretamente em DVD e Blu-ray, uma mãe e seus dois filhos cuidam da avó da família com poderes místicos. Chandler Riggs, o Carl de The Walking Dead, é um dos nomes do elenco.

Celular (Cell)

Saban Films/Divulgação

O filme de 2016 é a segunda adaptação de uma obra de Stephen King estrelada por John Cusack e Samuel L. Jackson (depois de 1408). A trama, que tem como base o romance publicado em 2006, mostra um homem que tenta encontrar seu filho depois que um sinal de celular transforma humanos em assassinos. Foi lançado originalmente on demand e depois teve uma curta passagem pelos cinemas, onde foi mal recebido pela crítica.

A Torre Negra (The Dark Tower)

Sony Pictures/Divulgação

Depois de inúmeras tentativas de adaptação da série de livros iniciada em 1982, o filme de Nikolaj Arcel lançado em 2017 chega aos cinemas em tom de decepção, já que falhou como o primeiro capítulo de uma franquia que deveria unir tramas no cinema e na TV. Com um orçamento de US$ 60 milhões, arrecadou apenas US$ 43 milhões nos EUA até agora, com um total mundial de US$ 73 milhões.

It: A Coisa

Warner Bros./Divulgação

As produções, tanto a missérie de 1990, quanto os novos longas dirigidos por Andy Muschietti (It: A Coisa e It: Capitulo Dois), adaptam a primeira parte de um dos romances mais volumosos de Stephen King, com mais de 1.000 páginas. Na trama do longa, sete crianças conhecidas como "The Losers Club (o clube dos perdedores)" se deparam com os problemas da vida, bullying e um monstro que toma a forma de um palhaço chamado Pennywise. It: A Coisa, primeira parte da produção de Muschietti, lançada em 2017, se tornou o filme de terror mais bem-sucedido nas bilheterias de todos os tempos, com uma arrecadação que superou US$ 700 milhões.

Jogo Perigoso (Gerald's Game)

Netflix/Divulgação

Em 2017, Mike Flannagan (Ouija: Origem do Mal, A Maldição da Residência Hill) comandou a adaptação de Jogo Perigoso (Gerald's Game), suspense escrito em 1992. A obra conta a história de uma mulher cujo marido falece de ataque do coração enquanto ela está acorrentada à cama. O longa foi lançado na Netflix e aclamado tanto por sua direção quanto pela performance de Carla Gugino.

1922

Netflix/Divulgação

O conto retirado da coletânea de 2010 Full Dark, No Stars, narra a história de um homem que conspira para matar sua esposa por ganhos financeiros, e pede auxílio para o seu filho. O longa dirigido por Zak Hilditch (As Horas Finais) foi lançado na Netflix em 2017 e recebeu elogios da crítica. 

Futuro

TOBIAS HASE/DPA/AFP

A próxima grande adaptação de Stephen King virá em Doutor Sono, a continuação de O Iluminado, que ganhará um longa em novembro, dirigido por Mike Flanagan e com Ewan McGregorRebecca Ferguson.

Em outubro a Netflix lançará a adaptação do conto In The Tall Grass (sem título no Brasil), escrito por King em parceria com seu filho, Joe Hill, sobre uma dupla de irmãos que tenta ajudar um terceiro perdido em um campo de grama.

Ainda, James Wan (Invocação do Mal) e Gary Dauberman (Annabelle) produzirão a adaptação de Salem, segundo livro de King, de uma trama que envolve vampiros, e a New Line lançará The Long Walk, obra que conta a história de 100 adolescentes que se envolvem em uma concurso mortal. As produções não tem lançamento previsto.