Obi-Wan Kenobi

Créditos da imagem: Lucasfilm/Divulgação

Séries e TV

Artigo

Obi-Wan Kenobi explora medo e ganância em seu terceiro episódio

Capítulo desta quarta-feira (1º) tem disputas internas entre vilões e desespero do protagonista

Omelete
4 min de leitura
Nico Garófalo
01.06.2022, às 10H20

[Spoilers do terceiro episódio de Obi-Wan Kenobi à frente]

Se Obi-Wan Kenobi estreou na semana passada mostrando a rotina do personagem de Ewan McGregor em seu exílio em Tatooine, o terceiro episódio, liberado nesta quarta-feira (1º), expôs ainda mais o fragilizado estado emocional e psicológico do jedi fugitivo, traumatizado pelos eventos de Star Wars - A Vingança dos Sith. Já em sua primeira cena, o novo capítulo mostra o protagonista tentando, mais uma vez, se comunicar com Qui-Gon Jinn, seu antigo mestre, após a chocante descoberta que Anakin (Hayden Christensen) sobreviveu à batalha de Mustafar.

Ainda com dificuldades para se ligar novamente à Força, o jedi tem sua meditação interrompida por Leia (Vivien Lyra Blair), que, cansada da longa viagem, pergunta se Ben não pode usar seus poderes para acelerar a nave de transporte em que se encontram. O jedi explica que a Força não serve como um acelerador espacial, ao mesmo tempo em que tenta colocar em palavras a sensação de controlar essa energia cósmica que cerca todas as formas de vida.

Paralelamente, a Terceira Irmã (Moses Ingram) relata a fuga de Obi-Wan para Darth Vader (dublado novamente por James Earl Jones), que afirma ter conhecimento dos planos da Inquisidora de subir na hierarquia imperial. Se reunindo com seus parceiros, a vilã tenta aproveitar o vácuo de poder deixado pela morte do Grande Inquisidor (Rupert Friend), mas é confrontada pelo Quinto Irmão (Sung Kang), que deixa claro que quer assumir o posto do chefe morto.

Ben e Leia chegam a Mapuso, um planeta-mina explorado pelo Império onde a dupla deveria encontrar aliados de Haja (Kumail Nanjiani). Desconfiado, o protagonista decide não esperar por esse suposto amigo e decide que ele e Leia precisarão ir sozinhos a um espaço-porto. A garota, sempre decidida, chama a atenção de um carro e pede carona ao seu motorista, Freck (Zach Braff). Papo vai, papo vem, Kenobi e Leia - ou melhor, “Orden e Luma” - descobrem que seu novo companheiro apoia o regime imperial. As coisas ficam ainda mais tensas quando ele pára para dar carona a um novo grupo, formado por alguns stormtroopers em busca justamente de Obi-Wan. Misturando a história que inventou para o seu disfarce com a realidade de sua vida, Ben consegue despistar qualquer desconfiança que os soldados tinham sobre ele e respira aliviado quando os agentes imperiais deixam a caminhonete. Ainda no automóvel, Leia começa a fazer perguntas sobre seus verdadeiros pais a Obi-Wan, que, compreensivelmente, se nega a passar grandes informações.

A paz da dupla dura pouco, no entanto, porque Freck, sabendo que o Império busca por um jedi, passa por um portal oficial para entregar Ben e Leia. Sem escapatória, o jedi mata os guardas e o caminhoneiro, mas uma nova leva de stormtroopers aparece, obrigando a dupla a se entregar. Surpreendentemente, a comandante imperial que coordenava esse grupo, Tia (Indira Varma), se revela uma agente dupla rebelde que tem ajudado jedis e outros desertores a fugir do Império.

De volta aos Inquisidores, o Quinto Irmão informa que, embora tenha eliminado todos os envolvidos em sua quase-captura, Obi-Wan não conseguiu impedir que um alerta sobre sua presença fosse enviado aos vilões. Em uma nova discussão entre o Quinto Irmão e a Terceira Irmã, é revelado que Vader já sabe o paradeiro de seu antigo mestre e está a caminho de Mapuso para enfrentá-lo.

Quando chegam ao esconderijo rebelde criado para ajudar os fugitivos, Tia explica que ela e outros aliados - incluindo o lendário ex-mestre jedi Quinlan Vos - têm criado identidades falsas para os jedi sobreviventes e auxiliado-os a se estabelecer em novas vidas. Quando estão prestes a fugir, no entanto, Vader e seu exército chegam à cidade em que eles se escondem e começa a matar inocentes para atrair Obi-Wan.

O plano do Sith funciona e o jedi decide distrair seu ex-aprendiz enquanto Tia leva Leia à segurança. Implacável, Vader persegue seu velho mestre e, ao atacá-lo, fica claro que, agora, o vilão tem a vantagem, já que Obi-Wan passou anos longe de qualquer confronto e relativamente fechado para a Força.

De volta a Leia e Tia, a agente dupla ouve o confronto do lado de fora e, com o aval da princesa, deixa a garota sozinha no túnel para ajudar Obi-Wan a escapar de Vader e do restante do Império. Enquanto isso, a Terceira Irmã descobre a entrada dessa rota de fuga e decide contorná-la para cercar os fugitivos.

Depois de humilhar Obi-Wan com o sabre de luz, Vader incendeia um carregamento de combustível e, decidido a fazer o jedi passar pela mesma dor que ele mesmo sentiu nove anos antes, começa a arrastar o protagonista pelo fogo. Prometendo torturá-lo, o Sith arremessa o ex-mestre para longe e manda seus stormtroopers prendê-lo. Antes que eles consigam agir, no entanto, Tia e seu droid aparecem para salvar Kenobi. Longe dali, Leia chega ao final do túnel de fuga, mas é recebida não pelo piloto prometido pela agente dupla, mas pela Terceira Irmã, que matou o rebelde e, mais uma vez, sequestrou a pequena princesa.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.