Soundgarden rebate acusações da viúva de Chris Cornell

Créditos da imagem: Divulgação/Soundgarden

Música

Notícia

Soundgarden rebate acusações da viúva de Chris Cornell

Vicky Cornell e a banda disputam faixas gravadas antes da morte do cantor

Pablo Raphael
04.02.2020
15h17
Atualizada em
04.02.2020
15h37
Atualizada em 04.02.2020 às 15h37

O Soundgarden rebateu as acusações feitas por Vicky Cornell, viúva de Chris Cornell, que está processando o grupo por falta de pagamentos. A banda e Vicky estão disputando na justiça os direitos sobre sete faixas inéditas em que Chris trabalhou antes de morrer.

No processo aberto por Vicky em dezembro de 2019, ela acusa a banda de bloquear o pagamento dos royalties em troca dos direitos autorais das músicas gravadas pelo vocalista em 2017. Em sua defesa, o grupo afirma que as faixas foram gravadas em 2015 para um novo álbum do Soundgarden, e seriam, portanto, propriedade coletiva.

A defesa do Soundgardem também alega que Vicky Cornell detêm as “únicas versões multi-faixa das gravações” e que ela se recusa a devolvê-las há mais de dois anos.

Vocalista do Soundgarden e do Audioslave, Chris Cornell foi encontrado morto aos 52 anos em maio de 2017, horas após um show.