Filmes

Notícia

Shia LaBeouf diz que tomou ácido em The Necessary Death of Charlie Countryman

Segundo o ator, porém, "às vezes a coisa fica real demais"

Marcelo Hessel
28.08.2012
16h11
Atualizada em
29.06.2018
02h45
Atualizada em 29.06.2018 às 02h45

Depois de dizer que faria cenas de sexo reais em The Nymphomaniac, agora o ator Shia LaBeouf conta, em entrevista ao USA Today, que tomou ácido durante as filmagens de The Necessary Death of Charlie Countryman.

"Você pode tomar ácido do jeito [da comédia] Harold & Kumar ou você pode tomar ácido [de verdade]. O que eu sei sobre atuação é que Sean Penn se amarrou de verdade numa cadeira elétrica filmando Os Últimos Passos de um Homem. É esse tipo de cara que eu tenho como modelo", disse o ator.

A sua lembrança do dia em que experimentou ácido, porém, não é tranquila: "Às vezes a coisa fica real. Fica real demais para quem está tentando manter um set de filmagem diplomático", disse, sem dar detalhes do que ocorreu no set comandado pelo diretor estreante Fredrik Bond. "Se eu pudesse devolver o dinheiro que já ganhei, pra ter toda a credibilidade do mundo [como ator] que estou buscando, faria isso amanhã, sem pensar", completa LaBeouf, em referência à sua fama como o protagonista de Transformers.

Escrito por Matt Drake (Project X), o filme tem LaBeouf como Charlie, um cara normal que se apaixona pela mulher (Evan Rachel Wood) de um chefão do crime (Mads Mikkelsen). O elenco ainda tem Rupert Grint (Harry Potter), Aubrey Plaza (Parks and Recreation), Melissa Leo (O Vencedor) e Til Schweiger (Bastardos Inglórios).

The Necessary Death of Charlie Countryman deve ter sua première no Festival de Sundance em janeiro de 2013.