Filmes

Lista

Shazam! | 11 easter eggs do filme

Senhor Malhado, Adão Negro e mais

Fábio Gomes e Gabriel Avila
06.04.2019
11h00

Shazam! estreou essa semana no cinema e conta com diversos easter eggs que vão desde cinema até personagens obscuros dos quadrinhos. 

Confira agora 11 easter eggs do filme: 

CUIDADO COM SPOILER! 

Fawcett Central

Após ser adotado, Billy passa a frequentar a escola da região, chamada Fawcett Central. Essa é uma referência à Fawcett Comics, editora que publicou a primeira HQ do herói em 1940. Nas páginas da revista Whiz Comics #2, Billy Batson se transformava em Capitão Marvel ao gritar a palavra mágica Shazam. Um ano depois, a DC Comics (na época National Publications) processou a Fawcett alegando que o Capitão Marvel era um plágio do Superman. Ao perder o processo, a editora pagou uma multa milionária e ficou proibida de publicar quadrinhos estrelados pela Família Marvel. Os personagens só retornaram em 1973 quando a própria DC Comics licenciou os personagens, agora mudando o título da revista de Capitão Marvel para Shazam.

Adão Negro

Quando Billy chega à Pedra da Eternidade para receber os poderes, o Mago explica que é tão criterioso para escolher quem receberá os dons pois no passado escolheu um campeão errado. Ele explica ao garoto que cedeu as virtudes a alguém que não era realmente puro e usou os poderes para a vingança. Essa é uma explícita referência a Adão Negro, vilão de Shazam que com o objetivo de livrar seu povo da tirania dos faraós acabou ele próprio se tornando um tirano. Nos cinemas, o Adão Negro será interpretado por Dwayne Johnson em um filme solo.

 

Holy Moley

Em suas aventuras durante as HQs da Era de Ouro, o herói tinha um bordão característico que foi aproveitado no filme. Em situações de perigo ou surpresa, era comum que tanto o garoto Billy quanto o próprio Shazam (na época Capitão Marvel) gritasse “Holly Moley”, expressão usada no filme por Zachary Levi em diversas situações, como durante a queda do ônibus.

Senhor Malhado

Um importante elemento do universo Shazam nos quadrinhos é o Senhor Malhado, o tigre falante que é considerado parte da família do herói. Na origem do personagem nos Novos 52, fase em que o filme mais se inspira, o Tigre é um dos poucos amigos de Billy, que guarda uma foto de seus falecidos pais em um zoológico com o animal de fundo. Na história, quando compartilha seus poderes com os irmãos adotivos, os dons vão também para o tigre, que ajuda no combate. No filme há duas referências ao Senhor Malhado: a primeira está no próprio traje do herói, que traz tigres em botões que prendem a capa ao raio. Já a segunda é o tigre de pelúcia que Billy pede à sua mãe no dia em que eles vão ao parque.

 

Homem Crocodilo

Quando visita a Pedra da Eternidade, a família Shazam encontra portas mágicas que levam a vários mundos, e em uma delas três Homens Crocodilo jogam poker quando os heróis os interrompem. Eles fazem parte de uma raça que antagoniza Billy e seus aliados nos quadrinhos. Os Homens Crocodilo vêm do planeta Punkus e apesar de não aparecerem regularmente nas HQs, fazem parte da Sociedade dos Monstros, grupo dedicado a derrotar Shazam.

O pai de Billy Batson

Quando descobre o paradeiro de sua família biológica, é revelado a Billy que o verdadeiro nome de seu pai é “C. C. Batson”. Se trata de uma sutil homenagem a C. C. Beck, co-criador do personagem na vida real. O artista desenhou boa parte das aventuras do herói durante a década de 1940 e é creditado como um dos maiores responsáveis pela popularidade inicial do universo do então Capitão Marvel.

Senhor Cérebro

Grande antagonista de Shazam nos quadrinhos, o Senhor Cérebro fez uma discreta porém significativa participação no longa. Inicialmente preso na Pedra da Eternidade, o verme alienígena retorna durante a primeira cena pós-créditos do filme, apontando a direção de uma possível sequência. Nas HQs, Senhor Cérebro é um alienígena de Vênus com intelecto elevado e poderes psíquicos e cinéticos. Fundador do vilanesco grupo Sociedade dos Monstros, o vilão busca criar um reino de terror que nem mesmo O Mortal Mais Poderoso da Terra poderia salvar.

Universo DC

Shazam é provavelmente o filme da DC Comics a fazer mais referências a outros heróis do Universo. Freddy Freeman, o irmão adotivo de Billy, se mostra grande fã dos super-heróis colecionando objetos que vão desde uma réplica do batarang até uma bala que ricocheteou no Superman. Durante o longa, várias referências são feitas como utilizar o logo dos heróis em mochilas, camisetas e aparecem até mesmo em lojas de brinquedo quando Shazam atira um boneco do Batman em Silvana. Não bastando, no final do filme o herói leva um "amigo" para o almoço: o Superman.

Vídeogames

Se Freddy é um aficcionado por quadrinhos, Billy também ganhou um irmão adotivo fã de videogames. Eugene faz diversas referências ao universo dos games durante o filme, indo desde os clássicos Street Fighter e Mortal Kombat até o recente Watch Dogs. A especialidade do garoto se mostrou importante ao ajudar Billy a encontrar sua família biológica.

 

Sedução do Inocente

Quando a dinâmica entre Billy e Fred começa a se desgastar, os dois discutem na mesa de jantar sobre os poderes e responsabilidades de um herói. Após se sentir esnobado por seu irmão poderoso, Fred cita que um psicólogo alemão havia alertado sobre os problemas que os super heróis podem causar. Essa é uma sutil referência a Fredric Wertham, autor do livro Sedução do Inocente, que apontava as HQs como uma literatura perigosa para os jovens ao utilizar de informações incorretas e exageradas para ligar quadrinhos e delinquência juvenil. A repercussão do livro de Wertham acarretaram no cancelamento de diversos títulos, especialmente os de terror e na criação do “Comics Code Authority”, órgão que fiscalizava o conteúdo das revistas.

Cinema

Shazam dedica diversas cenas a fazer referências a clássicos do cinema. A primeira é Rocky: Um Lutador, que se passa na Filadélfia o que rende diversos momentos que prestam reverência ao clássico estrelado por Sylvester Stallone. A saga Star Wars também é citada quando Billy resolve creditar ao Mestre Yoda um conselho completamente desvirtuado. Por fim, durante a luta contra o Dr. Silvana na loja de brinquedos, Shazam presta uma homenagem ao filme Quero Ser Grande, quando Josh (Tom Hanks) e MacMillan (Robert Loggia) sapateiam sobre um piano no chão.