Séries e TV

Notícia

The Walking Dead perde todos os seus roteiristas

Frank Darabont deve trabalhar segunda temporada com freelancers

Marcelo Forlani
01.12.2010
12h51
Atualizada em
06.12.2016
23h00
Atualizada em 06.12.2016 às 23h00

O sucesso de Walking Dead é indiscutível. Mas nem isso, nem as ótimas críticas e recordes de audiência garantiram o emprego dos roteiristas da série para a próxima temporada. Segundo informações do Deadline, o produtor-executivo Frank Darabont optou por dissolver o núcleo de roteiristas e, assim, deve trabalhar no próximo ano com freelancers.

É até comum mexer nos times de roteiristas entre uma temporada e outra, mas a mudança drástica deixou Hollywood um pouco preocupada. A decisão, porém, tem seus fundamentos. Dos seis episódios da primeira temporada, Darabont escreveu os dois primeiros sozinho. Os quatro demais passaram pelas suas mãos para corroteirizar ou reescrever, incluindo aí o quarto e o quinto, que foram feitos pelos freelancers Robert Kirkmam (criador das HQs que deram origem à série) e Glen Mazzara.

The Walking Dead

None

Agora resta saber o que o sindicato dos roteiristas dos EUA vai achar disso tudo. Na Inglaterra, trabalhar com roteiristas freelancers é uma prática comum, mas nos Estados Unidos, o normal é ter roteiristas contratados.

Qualquer que seja o resultado final dessa disputa, pegue aquele seu roteiro de zumbis que está empoeirado e vá traduzindo para o inglês, pois eles vão precisar de gente por lá para escrever os 13 episódios da segunda temporada, programada para outubro de 2011.

O sexto e último episódio da primeira temporada vai ao ar nos Estados Unidos no próximo domingo e será exibido aqui no Brasil pela Fox, terça-feira. Veja abaixo uma cena:

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.