Truth Seekers

Créditos da imagem: Amazon Prime Video/Divulgação

Séries e TV

Entrevista

Truth Seekers: Série de Nick Frost e Simon Pegg faz comédia e terror com coração

Produção da Amazon Prime Video mostra habilidade surpreendente de retratar traumas reais

Julia Sabbaga
06.11.2020
10h10
Atualizada em
06.11.2020
11h08
Atualizada em 06.11.2020 às 11h08

“Nós gostaríamos de convidá-los para uma jornada ao outro lado, onde você ficará assustado e também dará umas risadas”, diz Nick Frost, descrevendo bem concisamente seu novo projeto na Amazon Prime Video, Truth Seekers. “A série é exatamente o que o rótulo diz”, completa, em entrevista ao Omelete. Ele está certo, e mesmo assim, a produção surpreende. Não apenas por distanciá-lo de seu parceiro frequente, Simon Pegg, nas telas, mas por trazer uma fórmula que mistura terror e comédia de um jeito bastante único na TV. Aqui, assim como em Todo Mundo Quase Morto ou Heróis da Ressaca - longas estrelados pela dupla - não há paródia. O que é assustador é apresentado de forma intensa, e a comédia caminha em paralelo. 

Truth Seekers foi concebido por Pegg e Frost há mais de cinco anos e caminhou lentamente até se concretizar. Amantes do sobrenatural, inclusive de Arquivo X, uma das referências mais claras na série, a dupla discutiu o projeto por anos com o parceiro de criação James Serafinowicz. Segundo Frost, o que veio primeiro foi a ideia de seu personagem, Gus, e a criação do universo veio depois: “Com o tempo chegamos em algo definido e um mundo em que este personagem pudesse habitar que fosse verossímil, por mais que o assunto seja o paranormal”. 

Na série, Gus é rodeado de jovens - interpretados por Samson Kayo, Susan Wokoma e Emma D’Arcy - e vive com seu sogro (Malcolm McDowell)-, personagens que eventualmente compõem uma equipe de caçadores do paranormal. Nesse contexto, Pegg fica de escanteio, servindo como executivo da Smyle, empresa de TV a cabo, e chefe de Gus. É sua responsabilidade designar missões ao time no início de cada episódio. Por menor que seja seu papel, o personagem de Pegg, Dave, foi escrito para o ator: “Definitivamente”, respondeu Frost quando questionado. “Só a peruca que não foi minha escolha”, brincou. 

Truth Seekers
Amazon Prime Video/Divulgação

Em Truth Seekers, cabe à Samson Kayo a função de servir como braço direito de Gus, e não foi fácil para o ator se colocar no papel tão frequentemente habitado por Pegg. Sobre isso, Kayo relembrou o processo de forma peculiar: “Foi estranho, porque eu cresci assistindo aos filmes deles, e lembro que em nossa primeira cena eu estava sentado na frente deles vendo eles fazendo piadas um com o outro. Foi surreal. E daí eu comecei a ficar com ciúmes”. 

O processo para encontrar o ator que “substituiria” Pegg como dupla dinâmica de Frost não foi fácil, mas o protagonista revelou que priorizou a química e a personalidade de Kayo quando fez o teste com o britânico, conhecido pela série Timewasters: "Tecnicamente ele é um ator fantástico, mas há coisas que não há como ensinar", explicou. "Eu sempre fiz a escolha consciente em minha vida de me rodear de pessoas que me fazem bem, sem pessoas tóxicas. E quando você encontra isso, você precisa agarrar". 

Terror, comédia e sobretudo, coração

Na conversa com o elenco, um elemento sempre voltava à tona sobre o tom de Truth Seekers: a habilidade de demonstrar sentimentos reais e um coração humano no centro de tudo. Na equipe de Gus, há diferentes dores em diferentes personagens, incluindo perdas do passado e os efeitos de experiências traumáticas em pessoas distintas. Sobre isso, e principalmente sobre a personagem de Wokoma, Helen, que sofre de agorafobia, Frost relaciona de modo sincero com suas próprias experiências.

“Eu sempre sofri de algo, mas não tinha entendido até recentemente que o que eu estava sentindo era ansiedade, medo e solidão. Depressão. O que todos nós sentimos. Mas não conversamos sobre isso. Isso é algo muito real”, conta. No processo de escrita de Truth Seekers, ele investiu esse conhecimento em seus personagens: “A real é que estamos criando seres humanos que eu vi, conheci durante a minha vida, pessoas que existem, e pessoas cujas histórias são tão válidas quanto um par romântico”. 

Truth Seekers
Amazon Prime Video/Divulgação

O investimento em personagens reais cria uma atmosfera genuína em Truth Seekers, difícil de encontrar principalmente em séries de comédia. Na produção, a relação que mais surpreende é a de Helen e Richard (McDowell), que se encontram em sua solidão. Para a intérprete de Helen, o que mais a atraiu no roteiro foi exatamente a bondade entre os personagens: “Apesar de haver lugar para maldade, porque existe maldade em todo lugar, uma coisa que eu gostei muito é que não há isso entre os personagens”, explicou. "É sobre pessoas descobrindo outras pessoas que serão suas amigas, eu acho isso admirável, acho que precisamos disso".  

Emma D’Arcy, que interpreta a deslocada Astrid, reforça esse ponto: "Eu acho comovente que Nick Frost interprete esse cara doce, que é solitário, e quer que exista um reino diferente lá fora por causa de alguém de quem ele sente falta. É algo muito belo e terreno para uma aventura tipo Caça-Fantasmas e Scooby Doo".

O sentimento também não passou batido pelos atores mais velhos de Truth Seekers. “Não estamos fazendo Shakespeare, estamos apenas nos divertindo, mas são pessoas muito legais, e por isso eu gostei do roteiro. Você gosta dessas pessoas, por mais que sejam solitários. Acho que existem muitas pessoas assim”, diz Malcolm McDowell, que, apesar de ser conhecido por seus papéis dramáticos no cinema, demonstrou uma habilidade fantástica como o alívio cômico da série. Julian Barratt, que interpreta o vilão, vai no mesmo sentido: “O coração dessa série é bondoso. A jornada emocional dos personagens é sincera”. 

O futuro de Simon Pegg e Nick Frost

Não há no elenco quem não enfatize o deleite que é trabalhar com a dupla da Trilogia Cornetto, em especial com Frost, que contracena com a maior parte dos atores. “Não há um minuto com Nick Frost que não seja divertido”, diz McDowell. Mas a pergunta que há por trás das mentes dos fãs é se há algum longa em mente para unir os dois novamente, preferencialmente, em papéis de protagonistas. Depois de zumbis, cultos secretos, invasões alienígenas e caça-fantasmas, o que eles podem fazer no futuro? “Eu não ligo para vampiros, então acho que não. Talvez múmias? Ou um filme de horror sobre pagar impostos?”, brinca Frost, antes de arrematar a entrevista com a melhor declaração: “Não temos uma lista de gêneros para ficar clicando, mas talvez erótico da próxima vez? Você poderá ver eu e Simon em trajes de couro”, brinca. 

A primeira temporada de Truth Seekers já está disponível na Amazon Prime Video.

Assista no Prime Video

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.