John Krasinski em Some Good News/Reprodução

Créditos da imagem: Some Good News/Reprodução

Séries e TV

Notícia

Some Good News | John Krasinski explica venda de programa otimista

Web-série foi comprada pela ViacomCBS

Nicolaos Garófalo
28.05.2020
00h56
Atualizada em
28.05.2020
01h07
Atualizada em 28.05.2020 às 01h07

Telejornal otimista criado, escrito e produzido por John Krasinski (Um Lugar Silencioso), Some Good News foi recentemente vendido à ViacomCBS, que adaptará o programa para seu serviço de streaming, o CBS All Access, e para a emissora Comedy Central. Em entrevista ao ex-colega de The Office, Rainn Wilson, o ator e cineasta revelou que vendeu o formato por causa de seus compromissos assumidos antes da criação da web-série (via Comicbook).

Eu planejava fazer apenas oito edições durante a quarentena, porque eu tenho outras coisas que preciso fazer muito em breve, como [a série] Jack Ryan”, disse Krasinski. “Mais que isso... Escrever, dirigir e produzir – tudo isso - com meus amigos, eu sei que [o Some Good News] não seria compatível com meus outros compromissos”.

Krasinski afirmou ainda que adoraria seguir com o programa, que faz do escritório de sua casa com Emily Blunt, e que está feliz com o alcance do canal, que inspirou “correspondentes” em diferentes países. Sobre o novo Some Good News, o ator disse que participará sempre que possível e que apresentará alguns episódios e trará “uma comunidade diversa de pessoas”. “Mal posso esperar para mergulhar no projeto”.

Ao longo de seus programas, o SGN promoveu reuniões dos elencos de Hamilton e The Office, recebeu convidados como Emma StoneOprah e Billie Eilish.

Não há previsão para a estreia do novo Some Good News.