Elenco de Sob Pressão

Créditos da imagem: Paulo Belote/Globo

Séries e TV

Artigo

Sob Pressão presta homenagem a médicos e enfermeiros em especial sobre Covid-19

“A gente quer falar de esperança”, explica o diretor Andrucha Waddington

Henrique Haddefinir
05.10.2020
09h34
Atualizada em
07.10.2020
21h58
Atualizada em 07.10.2020 às 21h58

Em julho de 2019, a série Sob Pressão terminou sua terceira temporada sob uma avalanche de críticas positivas e recordes de audiência. Esse terceiro ano já tinha sido anunciado como último, mas os resultados foram tão promissores que a Globo recuou na decisão e uma quarta temporada passou a ser negociada. Com os episódios escritos e o elenco fechado, a série deu de cara com a pandemia de Covid-19 e ao mesmo tempo em que um novo ano estaria impedido de ser levado adiante por causa dela, esse era um momento da saúde pública brasileira que praticamente exigia uma abordagem dramatúrgica.

O autor da série Lucas Paraizo e o diretor Andrucha Waddington se debruçaram sobre as possibilidades e acharam que uma quarta temporada nesse cenário seria impossível. Contudo, um especial de dois episódios talvez fosse suficiente para abordar o cenário pandêmico atual e com isso manter o legado da série como um exemplo cabal de realismo entre os títulos que abordam os problemas sociais do país. Sob Pressão não existir durante a pandemia parecia uma negligência. Eis que, então, no próximo dia 06 de outubro, o público poderá acompanhar a estreia do Plantão Covid.

“A gente quer falar de esperança”, explicou Andrucha na coletiva de lançamento. “Fazer uma homenagem aos profissionais de saúde do país, que acabam virando para aqueles pacientes a família que eles não podem ter por perto durante a infecção”. Para isso, um hospital de campanha quase inteiramente real foi construído numa área dos Estúdios Globo e as filmagens aconteceram sob um severo protocolo de prevenção de contágio. Os especiais continuam a história de onde a terceira temporada parou, mas apresentam novos personagens, contam casos reais e mostram surpreendentes flashbacks da vida de Evandro (Júlio Andrade).

Na sinopse, Evandro e Carolina (Marjorie Estiano) são chamados de volta ao Rio de Janeiro por Décio (Bruno Garcia) para trabalharem justamente nesse hospital. Os eventos dos dois episódios correspondem ao pico de infecções, ali pelo meio do ano, entre maio e junho. O doutor Mauro (David Junior) e a enfermeira Marisa (Roberta Rodrigues) são as novas adições ao elenco. Os dois estarão na quarta temporada que vai começar a ser filmada ano que vem e que, segundo Lucas Paraizo, não vai mais abordar o coronavírus. “É claro que a pandemia vai afetar os personagens de alguma maneira, mas o hospital onde estaremos, por exemplo, não terá mais uma ala para a doença”.

Segundo o elenco, a gana de contar aquelas histórias superou todo o medo dos riscos e isso resultou, de certa forma, num marco. “Fomos o primeiro elenco da casa que foi pra campo”, disse Drica Moraes, que reprisa o papel da Dra. Vera Lúcia. “Houve uma euforia inicial em voltar ao trabalho”, completou Josie Antello. “Mas também um risco, que foi mais fácil de ser enfrentado por causa da imensa confiança que tínhamos na equipe”. Bruno Garcia foi além ao falar sobre como foi para os atores atuar sobre a pandemia enquanto passavam por ela. “A sensação é ambígua, porque era um hospital de campanha igual ao real, mas que não tinha doentes de verdade”.

Outra grande surpresa aguarda os fãs durante a estreia do especial. Andrucha Waddington adiantou que uma canção composta por Gilberto Gil e Rui Guerra será o tema principal dos episódios. “A canção foi composta pelo Gil e pelo Rui, foi interpretada pelo Gil e pelo Chico [Buarque] e guardamos a sete chaves porque é, tipo, o hino desse momento todo que estamos vivendo”. Apesar desse retorno do universo de Sob Pressão acontecer em apenas dois episódios, a expectativa é de que a série ainda retrate os problemas que o sistema público de saúde enfrenta, mas que, mais que nunca, o nosso olhar se volte para os profissionais que tornam o alívio físico possível. De fato, dentro da série, esse sempre foi um dos aspectos mais fortes e emocionais.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.