Sex Education | O que queremos ver na 3ª temporada

Créditos da imagem: Sex Education/Netflix/Divulgação

Séries e TV

Lista

Sex Education | O que queremos ver na 3ª temporada

Cuidado com spoilers!

Julia Sabbaga
21.01.2020
16h50

A 2ª temporada de Sex Education foi lançada na Netflix e, com ela, vieram as realizações de desejos dos fãs e muitas expectativas para o futuro. Enquanto o novo ano lidou mais com os problemas pessoais de Otis, a série criada por Laurie Nunn também se dedicou a aprofundar mais outros personagens, tornando nomes que antes eram mais coadjuvantes - como Ola, Lily ou Aimee - mais relevantes e cheios de camadas. 

Mas existem ainda muitos fatores de Sex Education que os fãs têm sede de ver. Confira abaixo algumas ideias que queremos que sejam exploradas na 3ª - e ainda não confirmada - temporada de Sex Ed

Mas CUIDADO com spoilers da 2ª temporada! 

A união de Otis e Maeve (por favor)

Sex Education/Netflix/Divulgação

Uma das maiores frustrações da 2ª temporada de Sex Education foi a não-realização do maior ship da série: Otis e Maeve. O 1º ano terminou com Maeve percebendo seus sentimentos pelo amigo, enquanto Otis se envolvia com Ola, deixando o público preocupado com o futuro do romance entre os protagonistas. Quando as coisas começaram a deslizar entre Otis e Ola na 2ª temporada, as portas pareciam se abrir, mas diversos erros do destino acabaram separando a dupla favorita de muitos (inclusive aquele final... aquele final!). Infelizmente, teremos que esperar mais um ano para ver uma possível concretização do romance. 

Qual é a do Isaac?

Sex Education/Netflix/Divulgação

Durante a 2ª temporada fomos introduzidos a Isaac, um novo vizinho de Maeve que desenvolve uma amizade simpática com a garota, e corresponde ao seu senso de humor ácido. Infelizmente, bem quando achávamos que Isaac seria um bom amigo para nossa heroína, ele toma uma das atitudes mais odiáveis dessa 2ª temporada, e apaga a linda mensagem de voz que Otis havia deixado no celular dela. 

A ação de Isaac deixou muitos fãs intrigados, e enquanto a raiva permanece pelas consequências do que foi feito, existem perguntas que vem antes disso: quem exatamente é Isaac? De onde ele veio? O que ele quer? Quem é seu irmão? De modo geral, qual é a do Isaac? Estas são perguntas que precisam ser respondidas durante a 3ª temporada. 

Precisamos falar sobre Eric e Adam

A 2ª temporada de Sex Education dividiu os fãs entre dois romances: Eric e Adam ou Eric e Rahim, mas ao fim dos episódios, o melhor amigo de Otis decidiu investir em um relacionamento com o filho do diretor da escola. Enquanto a química entre os dois é inegável, existem aspectos do passado deles que precisam ser abordados pela série, e inclusive é um dos questionamentos colocados por Otis na discussão com Eric. 

A ideia de que o relacionamento com Adam surgiu de um bullying intenso é certamente problemático, mas o filho do diretor da escola tem mostrado passos de uma redenção muito bem construída. De qualquer modo, é bom que Adam trate Eric muito bem, porque ele é definitivamente um dos pilares fundamentais de Sex Education. Queremos Eric feliz, não importa com quem seja! 

O que será de Jean?

Jean também terminou uma temporada intensa, que passou por altos, baixos, romances, términos, emancipações e... uma gravidez. A inesperada notícia de que ela estaria esperando um filho (presumivelmente de Jakob) é uma das grandes reviravoltas do finale de temporada, e estabelece uma indecisão do futuro tanto dela quanto do casal. 

Jean é uma mulher independente, então seu futuro pode levar para qualquer lugar. Ela pode decidir não manter a gravidez, criar seu filho como mãe solteira ou até, quem sabe, reatar seu relacionamento com Jakob. O namoro passou por algumas turbulências (que incluíram muitas moedas, um beijo em Remi e (não menos importante) a construção de uma prateleira de panelas não solicitada) mas ainda existe uma chama acesa entre os dois. A 3ª temporada precisa explorar tudo isso para entregar um destino satisfatório para nossa psicóloga favorita. 

E a clínica sexual?

A 1ª temporada de Sex Education se baseou fortemente na premissa da clínica sexual estabelecida por Maeve e Otis, algo que a 2ª temporada se distanciou de certo modo. A presença de Jean na escola, o ruído na relação entre Otis e Maeve e ainda a briga final entre Jean e Otis foram fatores que contribuíram para isso. 

Ao final da 2ª temporada, Otis parece arrependido de suas ações, em parte pela lição que recebeu da mãe. Por isso, a continuidade da clínica sexual ficou ainda mais no limbo para o novo ano. Será que Otis continuará servindo como conselheiro, mas agora sem cobrar seus colegas? Será que o pagamento começará a ser feito de outras formas? Ou será que as melhorias na educação sexual de Moordale tornarão os ensinamentos de Otis desnecessários? 

A 3ª temporada terá que lidar com todas as mudanças que vimos até agora, mas é pouco provável que a clínica sexual fique para trás. Como uma das premissas da série, é possível que ela sirva, novamente, como um jeito de reaproximar Otis e Maeve. 

Mais Jackson e Viv!

Uma das relações mais legais que vieram na 2ª temporada foi a amizade de Jackson e Viv. Ele, um atleta infeliz, e ela, uma estudiosa rígida, formam uma dupla improvável que, por algum motivo, se complementam. E a união dos dois foi feita de um jeito muito carismático, ele a ajudando com sua queda por Dex e ela auxiliando nos estudos dele. 

A aproximação dos dois pode ter dado indícios de um novo romance (será?), mas não importa para que lado este relacionamento se desenvolva, definitivamente esta é uma dupla com quem queremos mais cenas na 3ª temporada.

Uma Sra. Groff realizada

Um dos arcos mais divertidos de assistir na 2ª temporada foi a emancipação da Sra. Groff, uma personagem que passou o 1º ano da série em silêncio, resignada ao lado de seu marido, o severo Sr. Groff. No novo ano, a esposa do diretor da escola começou a questionar seu relacionamento e sua felicidade, ainda mais ao conhecer Jean e desenvolver uma amizade. 

Um dos resultados mais legais disso tudo foi o exemplo que Maureen deu ao seu filho, quando ela o encontra em casa e explica que, quando se ama alguém, isso deve ser dito: "porque você está vivo!", ela diz, arrebatando um dos momentos mais comoventes da temporada. A realização da mãe de Adam é um dos catalisadores de mudança de todo seu núcleo familiar, e isso é muito bem feito. 

Por isso, esta é mais uma das coisas que queremos na 3ª temporada: mais sra. Groff! 

Um novo momento perfeito de sororidade

Se tem uma coisa que Sex Education provou em suas duas temporadas foi sua habilidade de criar sequências emocionantes de sororidade. Quem poderia esquecer daquela cena incrível na 1ª temporada, em que todas as garotas gritam "a vagina é minha"?

A 2ª temporada conseguiu superar este momento de companheirismo feminino com seu 7º episódio, em que Aimee finalmente consegue falar abertamente sobre o assédio que sofreu no ônibus. O final deste capítulo é simplesmente perfeito, tanto na cena em que as meninas se reúnem em um momento de raiva e quebram tudo, quando no momento em que Aimee vê que todas a encontraram no ponto de ônibus, para enfrentar este medo juntas. 

Sex Education estabeleceu um padrão bem alto para estes momentos, mas por isso mesmo ela não pode nos decepcionar: a 3ª temporada precisa de um momento absurdo como estes. 

Uma formatura?!

Sex Education nunca deixou muito claro em que série os estudantes de Moordale estão, mas alguns presumem que a 1ª temporada se passa no 1º colegial e a 2ª no 2º, o que abriria portas para que o 3º ano se passasse no último momento de escola dos estudantes. Com isso, seria possível que a 3ª temporada marcasse um encerramento de um ciclo? Será que ela poderia ser a última?

Tudo isso é incerto, até porque não houve nem uma confirmação da renovação da série. Mas uma aproximação do fim da escola faria algum sentido para a vida dos personagens, que já parecem bastante maduros, e seria uma justificativa propícia para que a produção começasse a se encaminhar para o seu fim. Será possível? Precisamos de respostas, Netflix!