Foto de Rick and Morty

Créditos da imagem: Rick and Morty/Adult Swim/Divulgação

Séries e TV

Artigo

Rick and Morty fala sobre destino e não decepciona em estreia da 4ª temporada

Aguardado novo ano chega com humor característico e muitas divagações sobre a vida

Camila Sousa
11.11.2019
16h50
Atualizada em
11.11.2019
17h22
Atualizada em 11.11.2019 às 17h22

Desde que estreou em 2013, Rick and Morty mudou bastante, mas uma característica se mantém: falar sobre temas densos sob a ótica absurda das aventuras da dupla. Em suas três temporadas, a série fala sobre o significado da vida - especialmente sobre a falta dele - enquanto entrega piadas ácidas e rápidas, que causam espanto e, muitas vezes, um riso cheio de culpa, mas totalmente sincero. A espera pela quarta temporada foi longa, mas a boa notícia é que todas essas características continuam presentes e ainda mais intensas.

O título “Edge of Tomorty: Rick Die Rickpeat”, faz uma referência ao filme No Limite do Amanhã, estrelado por Tom Cruise, em que seu personagem revive o mesmo dia várias vezes. O que acontece em Rick and Morty não é exatamente isso, apesar de existir um paralelo interessante. Na verdade, o episódio pega um instrumento aparentemente simples para fazer uma ode ao desejo de poder e controle que os seres humanos têm sobre suas vidas.

A aventura começa dando continuidade aos acontecimentos do final do terceiro ano. Jerry e Beth estão juntos tentando reconstruir sua família e isso deixa Rick extremamente entediado. Mesmo com essa mudança de cenário, há uma “aventura clássica de Rick and Morty” que, como sempre, começa um pouco esquisita, e depois escala para uma sucessão de eventos absurdos. Sem revelar muito, Morty é seduzido por um artefato e, a partir de então, quer controlar como será seu futuro.

Essa narrativa faz a estreia de Rick and Morty falar sobre destino e o quanto você consegue controlar sua vida. Morty fica obcecado em fazer seu desejo se tornar realidade e vira escravo dessa vontade. O humor ácido fica por conta de Rick, que passa por vários universos e tece críticas aos regimes totalitários do mundo. Aliás, a crítica vai até além disso, mostrando como toda a sociedade tem uma certa tendência a isso quando enfrenta algum problema.

Para os fãs que esperaram ansiosos pela quarta temporada de Rick and Morty, ela valeu a espera. Com um final que brinca com um dos encerramentos mais clássicos dos episódios, ao mesmo tempo em que zoa fãs de anime, a série animada voltou com tudo e, se continuar nesse ritmo, entregará uma de suas melhores temporadas.