Logo da Quibi

Créditos da imagem: Quibi/Divulgação

Séries e TV

Notícia

Quibi encerrará as atividades seis meses após lançamento

Fundador da plataforma diz que tentará vender conteúdo a outras empresas

Nicolaos Garófalo
21.10.2020
20h24

Plataforma de streaming dedicada a produções com episódios de cerca de 10 minutos, a Quibi encerrou suas atividades seis meses depois de ser lançada. Em um comunicado publicado nesta quarta-feira (21) por Jeffrey Katzenberg, fundador do site, a empresa anunciou que buscará vender seu conteúdo e ferramentas originais para outros selos (via The Wrap).

Presidente da Quibi, Meg Whitman lamentou o lançamento durante a pandemia do coronavírus, mas não usou as circunstâncias como desculpa, dizendo que as concorrentes encontraram sucesso ao enfrentar a mesma situação.

As produções originais lançadas pela Quibi traziam nomes de peso como Anna Kendrick, Liam Hemsworth, Sophie Turner, Kevin Hart e Chance The Rapper, mas mesmo assim não atraíram o público para o formato criado pela plataforma.

Katzenberg investiu cerca de US$ 2 bilhões na Quibi, que foi lançada oficialmente em abril de 2020, mas não conquistou o público em meio à concorrência de gigantes como Netflix, Prime Video, Disney+ e HBO Max.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.