Séries e TV

Artigo

Lembra desse? <i>O regresso de Ultraman</i>

Lembra desse? <i>O regresso de Ultraman</i>

Alexandre Nagado
27.06.2003
00h00
Atualizada em
21.09.2014
13h14
Atualizada em 21.09.2014 às 13h14

Hideki Goh

Dan, Goh e Hayata

Jack contra os Poderosos

Rumi Sakakibara

O G.A.M.

A saga de Ultraman Jack, o terceiro Ultra a defender a Terra

Ultraman foi um dos grandes heróis japoneses exibidos no Brasil durante os anos 70 e começo dos 80. Quem acompanhava sabia que eram dois aventureiros distintos a se revezar no horário do programa. Primeiro, eram mostradas as aventuras do Ultraman original, que tinha como alter ego o patrulheiro Hayata. Depois, era a vez do segundo Ultraman, cuja identidade humana era o intrépido Hideki Goh. Com mais ação e forte apelo dramático, a saga do segundo Ultraman, intitulada O regresso de Ultraman, conquistou uma enorme legião de admiradores no Brasil, sendo proporcionalmente mais popular aqui do que no Japão entre os fãs de seriados de tokusatsu (efeitos especiais).

Originalmente projetada pelo diretor Eiji Tsuburaya para mostrar novas aventuras do primeiro Ultraman original, o projeto Kaettekita Ultraman (ou Regresso de Ultraman) ganhou outros rumos quando o diretor faleceu em 1970. Com o filho mais velho de Eiji, Hajime Tsuburaya, assumindo o controle dos negócios, uma nova personagem foi criada, bem como o conceito de Irmandade Ultra, que, ao se expandir com sucessivas séries, criaria uma das mais lucrativas franquias do Japão. O título O regresso de Ultraman foi mantido para assegurar uma forte campanha de marketing, mas logo de cara o espectador seria apresentado a um novo herói, depois chamado de Ultraman Jack.

Diferente da versão original, que tinha como hospedeiro humano o agente Hayata, e de Ultra Seven, que se disfarçava de humano como Dan Moroboshi, o segundo Ultraman apresentava outro conceito: o da simbiose total entre humano e alienígena.

Presenciando a morte de Hideki Goh ao salvar um garoto e seu cão de um desabamento, o herói gigante dá sua vida para restituir a do rapaz. Com isso, Goh passa literalmente a ser o Ultraman, recebendo todo o poder e consciência do herói. Isso rendeu episódios memoráveis, que mostravam os treinamentos dele para se tornar mais hábil e usar melhor seu poder. Em um episódio, Goh até faz um treino com o lendário Tadashi Sawamura, o esportista verdadeiro que serviu de base para o desenho clássico Sawamu, o Demolidor. Diferente da tradição Ultra em que a transformação é feita com algum objeto especial, Goh se transformava apenas com sua força de vontade.

Goh, ex-piloto de corridas, fora recrutado para ser um oficial do GAM - Grupo Anti-Monstros, que no original era o MAT (Monster Attack Team), uma equipe nos moldes da Patrulha Científica e Esquadrão Ultra, porém mais militarizada e com apelo mais heróico.

Formado pelo Capitão Kato (depois substituído pelo Capitão Ibuki), Kishida, Ueno, Minami e Yukiko (Yuriko Oka, no original), o GAM possuía uma base submarina e enfrentava diversas ameaças na forma de monstros e invasores do espaço. Em meio às batalhas que travava ao lado de seus companheiros, Goh ainda levava uma vida social (outro ponto que o diferenciava de seus antecessores), namorando a meiga Aki e sempre ajudando os irmãos dela, o inventor Sakata e o pequeno Jiro.

BASTIDORES & CURIOSIDADES

O renomado diretor Inoshiro Honda, co-autor de Godzilla original e auxiliar de Akira Kurosawa em vários filmes, dirigiu cinco episódios da saga, incluindo os dois primeiros e o último.

A série estreou em 1971, ano marcado pelo segundo kaiju boom (explosão dos monstros), movimento puxado pelas séries Kamen Rider e Spectreman, de produção muito inferior, porém mais populares na época.

O conteúdo dramático e as situações de cotidiano das histórias ficaram a cargo do roteirista Shozo Uehara, autor de vinte dos 51 episódios da série. Outro ponto forte era a eletrizante trilha sonora de Toru Fuyuki, que, com sua música de ação do GAM, entre outras, contribuiu para o clima heróico da saga.

Depois da série, o ator e modelo Jiro Dan ainda interpretaria um Goh impostor em um episódio de Ultraman Ace (1972) e voltaria a se transformar no herói em duas aventuras de Ultraman Tarô (1973) e uma de Ultraman Leo (1974), sendo esta sua última aparição oficial.
O ator ainda faria uma ponta como repórter no filme Ultraman Zearth 2, de 1997. Apesar da pinta de galã e porte atlético, Jiro Dan não fez grande carreira nos seriados de ação e nem como ator dramático. Do que passou no Brasil, foi visto numa constrangedora aparição como vilão no seriado cômico Patrine, de 1990. Como malvado, ainda passaria por um vexame maior em Kekko Kamen 2 (1992), filme horroroso no qual enfrenta uma heroína saída do mangá que luta nua (salvo luvas, botas, máscara e capa). No ano passado, atuou como convidado especial na série sobre ninjas Hurricaneger, que tinha no elenco fixo o antigo colega Ken Nishida, o oficial Kishida do GAM. Ele tinha 22 anos na época da série, seu primeiro papel de destaque na TV.

Rumi Sakakibara, atualmente com 52 anos, atuou recentemente em um aclamado drama com toques de erotismo chamado The lonely affair of the heart (2002), onde mostra que ainda tem seus encantos, interpretando uma mulher quase dez anos mais jovem. Rumi e Jiro Dan também atuaram juntos na série de sobrenatural Echo Echo Azarak, em 1997.

O herói foi dublado pelo veterano Ionei Silva, que também emprestou sua voz para o Mestre dos Magos em Caverna do dragão, Dr. Sam em Patrulha Estelar, Baretta, Tutubarão e Bishop em X-Men (série original), entre outros.

O nome Ultraman Jack foi criado nos anos 80 para diferenciar melhor o herói do seu antecessor. Antes, nos livros japoneses, era referido como sendo o Shin (novo) Ultraman ou mesmo como Kaettekita Ultraman (apesar do título, como nome próprio, não fazer muito sentido). Como membro da Irmandade Ultra, o herói apareceu várias vezes em episódios das séries Ultra seguintes e em alguns especiais de cinema.

Recentemente, a série foi remasterizada e lançada em DVD para o público japonês.

MOMENTOS MARCANTES

Episódio 18 - Ultra 7 em ação: Após quase perder para o monstro Bemstar, Ultraman Jack tenta se energizar ao Sol, fora da atmosfera terrestre. Ao se aproximar perigosamente da gravidade solar, acaba sendo salvo por Ultra Seven, que lhe presenteia com o Ultra Bracelete, artefato que pode se transformar em qualquer arma, especialmente lâminas de energia.

Ep. 37 - Ultraman morre ao entardecer: Para atingir o coração de Ultraman, o grupo Poderosos do Espaço resolve eliminar a namorada de Goh e acaba matando também o irmão mais velho dela. Com a morte deles, Goh parte para a luta desesperado e tomba no combate contra o monstro Negrume e Knuckle, o líder inimigo. O episódio tem direção tensa e imagens violentas, impensáveis num seriado infantil americano. Chocou a audiência na época e preparou terreno para o mais clássico dos episódios.

Ep. 38 - Quando brilha a estrela de Ultra: Para salvar Ultraman Jack de ser executado pelos Poderosos do Espaço, uma aliança inédita: Hayata (o primeiro Ultraman) e Dan Moroboshi (o Ultra Seven) unem forças. São e salvo, Goh tem sua vingança e a série entra numa nova fase, com Jiro sendo criado pela amiga Rumiko. A seqüência com os três Ultras é rápida, mas, ao mostrar os atores originais, os heróis em ação e emendar as três músicas-tema em seguida, o estúdio criou uma seqüência cult até hoje.

Ep. 51 - Os cinco mandamentos de Ultra: Goh é desafiado pelo alienígena Morcego, que traz um monstro Zetton, da mesma raça que derrotou o primeiro Ultraman no passado. A base do GAM é destruída, a equipe faz um funeral para Goh, que simulara sua própria morte e tudo se encerra com uma triste despedida do herói numa praia. Ele se transforma e parte para o Planeta Ultra, na Nebulosa M-78, a fim de ajudar seus irmãos, que se preparavam para uma guerra. O garoto Jiro, irmão da falecida Aki, corre pela praia dizendo os cinco mandamentos de Ultra, um conjunto de regras para uma criança crescer forte e saudável. Poucos finais foram tão emocionantes.

FICHA TÉCNICA

Título original: Kaettekita Ultraman (O Regresso de Ultraman)
Estréia no Japão: 02/ 04/ 1971 (Canal TBS)
Número de episódios: 51
Criação: Hajime Tsuburaya e Susumu Saito (coordenadores)
Roteiro: Shozo Uehara e outros
Trilha sonora: Toru Fuyuki

Direção: Inoshiro Honda e outros Realização: Tsuburaya Productions

Emissoras no Brasil: TV Tupi, SBT




Elenco: Jiro Dan (Hideki Goh), Rumi Sakakibara (Aki Sakata), Mori Kishida (Ken Sakata), Hideki Kawaguchi (Jiro Sakata), Nobuo Tsukamoto (Cap. Juichiro Kato), Jun Negami (Cap. Ryu Ibuki), Mika Katsuragi (Yukiko), Ken Nishida (Fumio Kishida), Yutaro Mitsui (Ippei Ueno), Junsuke Ikeda (Takeshi Minami), Kazuko Iwasaki (Lumiko Murano)

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.