Lakers: Hora de Vencer

Créditos da imagem: HBO Max

Séries e TV

Lista

Lakers: Hora de Vencer | O que é real e o que é ficção na série da HBO

Com último episódio exibido no domingo (8), história dos Lakers teve alguns excessos para ser contada nas telas

Omelete
6 min de leitura
Bia Vaccari
16.05.2022, às 09H38
ATUALIZADA EM 16.05.2022, ÀS 16H04
ATUALIZADA EM 16.05.2022, ÀS 16H04

Já está na HBO Max o episódio final da série Lakers: Hora de Vencer, que acompanha a vida profissional e pessoal dos jogadores do Los Angeles Lakers da década de 1980. Iniciada no sombrio ano de 1979, a produção segue uma das dinastias mais reverenciadas e dominantes do esporte — uma equipe que definiu uma era, dentro e fora das quadras.

A produção de Adam McKay (Os Outros Caras)Max Borenstein (Kong: Ilha da Caveira) e Jim Hecht (A Era do Gelo: As Aventuras de Buck) é inspirada no livro Showtime: Magic, Kareem, Riley, and the Los Angeles Lakers Dynasty of the 1980s, de Jeff Pearlman. No entanto, quando se trata de adaptações, há elementos que são introduzidos para que assim as histórias sejam melhores contadas nas telas. Pensando nisso, selecionamos o que é verdade e o que é ficção em Hora de Vencer.

MAGIC JOHNSON FICOU CONFUSO EM DEIXAR A FACULDADE?

No primeiro episódio, vemos um Magic Johnson bastante relutante e inseguro entre deixar a faculdade e integrar o time dos Lakers. Embora a série tenha mostrado o icônico critério de desempate ao jogar cara e coroa, o astro do basquete nunca esteve em dúvida sobre vestir a jersey amarela. Numa entrevista dada em 1991 ao Los Angeles Times, Johnson contou que só voltaria para faculdade se tivesse sido escolhido pelo Chicago Bulls no Draft. "A única razão pela qual saí foi para jogar com Kareem e os Lakers", revela. "No ano seguinte, acho que a primeira escolha foi de Utah. Eu poderia ter acabado como Earvin (Magic) Johnson de Utah. Como isso soa?"

O JOGO ENTRE MAGIC JOHNSON E NORM NIXON

Ainda no episódio 1, podemos ver um icônico jogo público disputado apenas entre Johnson e Norm Nixon. O fato, no entanto, foi apenas adicionado à série para dar mais... emoção à história. Não existe registro algum sobre essa disputa, mas sabe-se que Norm estava bastante incomodado e sentindo-se ameaçado com a presença de Magic Johnson. No entanto, se esse jogo de fato aconteceu, foi uma ocasião bastante privada entre ambos astros do basquete.

Além do mais, há dúvidas se ambos realmente desgostavam um do outro. Em uma entrevista de DeVaughn Nixon, que interpreta seu pai na série, ele disse não havia desavenças entre a dupla. "Meu pai e Magic eram de boa", afirmou Nixon ao USA Today. "Inerentemente, houve uma competição porque há um novato chegando tentando ameaçar sua posição. A cena quando eu jogo contra o Magic é uma referência a isso."

OS LAKERS CONSIDERARAM NEGOCIAR KAREEM ABDUL-JABBAR?

No início do segundo episódio, há uma discussão entre os executivos do time cujo intuito é pensar em estratégias para fortalecer a equipe para a próxima temporada, agora que contam com Magic Johnson na formação. Em uma das falas de Chick Hearn, locutor play-by-play dos Lakers, a possível troca de Kareem Abdul-Jabbar é mencionada. Além disso, no episódio 5, há uma breve discussão sobre Kareem contemplar a aposentadoria. Isso é adicionado justamente para reforçar o discurso de troca do episódio 2. Nada disso aconteceu, visto que o jogador permaneceu por 10 temporadas com o time, deixando-o somente em 1989.

JERRY WEST E A BUSCA POR UM NOVO TREINADOR

O fim do episódio 2 mostra Jerry West renunciando ao cargo de treinador dos Lakers, enquanto o início do episódio 3 mostra a equipe em sua busca por um novo técnico. Na vida real, o ex-proprietário dos Lakers, Jack Kent Cooke (que foi afastado do cargo no primeiro episódio) esteve bastante presente nesse processo. Ele foi muito a favor da contratação de Jerry Tarkanian. No entanto, um outro fator que foi mudado nas telas é o momento em que West pediu as contas e o período em que o time ficou sem um técnico.

Na vida real, West deixou de treinar o Los Angeles Lakers no início do verão, menos de três semanas antes do início dos treinos. Ou seja, a busca por um novo técnico teve menos de um mês de organização para encontrar um substituto, com Cooke envolvido.

PAT RILEY REALMENTE DESTRUIU SUA CASA?

O personagem de Adrien Brody, Pat Riley, é conhecido na realidade por ser bastante instável. Embora esse seu lado emocional envolva um passado complicado com seu pai, a destruição de sua própria casa, como mostrada no episódio 3, ainda é improvável. Não há registros que provem que o episódio de fato aconteceu em 1979.

MAGIC JOHNSON E RON BOONE REALMENTE BRIGARAM?

No episódio 4, podemos ver que há certo desconforto entre Ron Boone, ex-jogador de basquete, com Magic Johnson. A diferença entre os dois acaba resultando numa briga separada por Norm Nixon, Michael Cooper e outros integrantes da equipe. No entanto, não há confirmação alguma que essa luta realmente tenha acontecido, o que abre suspeitas de que tenha sido adicionada apenas para aumentar a tensão na história.

A ESPOSA DE JERRY TOMOU POSSE DOS LAKERS?

Ainda no episódio 4, vemos Jerry Buss em complicações financeiras nos Lakers. Eis que surge a sugestão da sua própria mãe para ele colocar a sua esposa no negócio como garantia do empréstimo. Embora Jerry Buss seja contra essa ideia no início, na série isso acontece. Na vida real, no entanto, apesar de Jerry de fato estar inadimplente nos pagamentos de empréstimos em 1985, não é verdade que sua esposa tenha se apossado do Los Angeles Lakers.

A ORIGEM DAS LAKERS GIRLS

A série sugere no fim do episódio 4 que a ideia da criação das Lakers Girls tenha partido diretamente da futura proprietária dos Lakers, Jeanie Buss. No que diz respeito à história verdadeira, as Laker Girls foram ideia de Jerry Buss. O executivo ordenou a criação da equipe de dançarinas, enquanto Jeanie nunca afirmou ter envolvimento na iniciativa.

QUANTO TEMPO JACK MCKINNEY FICOU EM COMA

No episódio 6, podemos ver Jack McKinney recuperando-se de seu acidente sofrido no episódio 5. A série explica que ele passou duas semanas em coma após o ocorrido, quando na realidade o treinador dos Lakers passou apenas três dias desacordado, de acordo com a maioria dos relatos. Embora ele tenha recuperado a consciência depois de perder o jogo dos Lakers contra o Nuggets, ele permaneceu incapaz de treinar após o acidente. Não foi confirmado quando ele recebeu alta do hospital, mas numa entrevista ao LA Times em 1985, McKinney revelou que se não recorda de quase nada do primeiro mês após o acidente.

A AMIGA DE COOKIE REALMENTE ENGRAVIDOU DE MAGIC JOHNSON?

Após ser apresentada no episódio 7, o episódio 8 traz revelações bombásticas para o astro do basquete com Rhonda, amiga de Cookie. Não há dúvida alguma de que Magic Johnson era bastante disputado entre as mulheres, mas não foi comprovado de que ele engravidou Rhonda. Magic Johnson tem apenas três filhos, dois deles com Cookie e um com Melissa Mitchell, com quem o jogador namorou durante um dos términos com a atual esposa.

AS FINAIS DA NBA E SEUS ANTECEDENTES

Outro fator que foi alterado é sobre o atacante Spencer Haywood. Na série, o jogador se vê em apuros devido ao seu vício em drogas, isso levou com que a equipe dispensasse-o da formação logo antes das finais. No entanto, na vida real, o astro recebeu uma punição diferente. Ele foi suspenso, não cortado do time. Isso aconteceu logo antes da final, claro, e foi uma decisão tomada apenas por Paul Westhead e não em consenso entre toda a equipe.

 

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.