Mark Ruffalo em I Know This Much Is True/HBO

Créditos da imagem: HBO/Divulgação

Séries e TV

Artigo

I Know This Much Is True começa com atuação brilhante de Mark Ruffalo

Estreia da minissérie apresenta clima tenso e qualidade cinematográfica típica das produções da HBO

Nicolaos Garófalo
11.05.2020
19h55

Embora hoje seja mais conhecido do grande público por seu papel como Bruce Banner/Hulk no MCU, Mark Ruffalo brilha de verdade em papéis mais dramáticos. De Ilha do Medo a Spotlight, o ator entrega suas melhores performances quando o roteiro pede uma atuação mais emotiva. Já indicado a três Oscars, Ruffalo voltou temporariamente seus talentos para a TV e, com I Know This Much Is True, exercita seu talento com um alcance poucas vezes exigido ao longo de sua carreira.

Na minissérie da HBO, Ruffalo vive dois irmãos: Dominick, um pintor de casas divorciado, e Thomas, que sofre de esquizofrenia. Com o merecido protagonismo, o ator eleva a dura e complicada história sobre o convívio dos gêmeos, adaptada do livro homônimo de Wally Lamb – que também assina o roteiro -, que começa com um surto de Thomas em uma biblioteca pública.

Dirigida e escrita por Derek Cianfrance (O Lugar Onde Tudo Termina), I Know This Much Is True passa seu primeiro episódio apresentando cada um de seus densos personagens e a relação de Dominick com cada um deles. O amor pela mãe (Melissa Leo), o carinho por Thomas e a raiva do padrasto violento (John Procaccino) são minuciosamente explorados na primeira hora da minissérie, exibida no último domingo (10). A interação de Dominick com as pessoas à sua volta recebe uma atenção especial de Cianfrance, que imprime um ritmo lento nas cenas para traduzir os sentimentos do protagonista ao enfrentar cada situação desagradável.

Embora gire em torno da atuação de Ruffalo, I Know This Much Is True não limita sua história apenas ao protagonista. O talentoso elenco coadjuvante, que inclui ainda Kathryn Hahn (Perfeita É A Mãe) e Rob Huebel (The Goldbergs), divide o peso dramático carregado pelo astro de Vingadores e promete importante participação no restante da minissérie. Juliette Lewis (Ma), aliás, chega até mesmo a ofuscar Ruffalo ao viver Nedra, uma desequilibrada acadêmica contratada por Dominick para traduzir uma autobiografia de seu avô.

Ainda que fascine, a série não é exatamente uma hora leve de entretenimento. Sem exceção, as cenas do primeiro episódio de I Know This Much Is True são carregadas de sentimentos desconfortáveis, que vão do luto à vergonha alheia. Com uma ausência inquietante de alívio cômico, é quase impossível resistir ao impulso de pausar a série, nem que seja por um minuto, para processar todas as emoções que Cianfrance e Lamb colocam no roteiro.

Tensa do começo ao fim, a estreia de I Know This Much Is True promete uma trama complicada e psicologicamente inquietante nas próximas semanas. Apoiada em um trabalho competente de Ruffalo e companhia, a minissérie tem potencial para ser a nova obsessão dos espectadores da HBO e, quem sabe, próxima aposta da emissora na temporada de premiações.