Séries e TV

Entrevista

Halo | 2ª temporada será “mais sombria”; spin-offs ainda não estão nos planos

O que esperar do futuro da franquia na TV? Kiki Wolfkill e Pablo Schreiber nos contam

Omelete
3 min de leitura
Caio Coletti
24.03.2022, às 06H00
ATUALIZADA EM 01.04.2022, ÀS 16H28
ATUALIZADA EM 01.04.2022, ÀS 16H28

Embora Halo estreie já com renovação garantida para a 2ª temporada, a produtora Kiki Wolfkill é cautelosa quando perguntada sobre a possibilidade de expandir o universo da franquia na televisão. Em entrevista ao Omelete, ela comentou que o foco no momento é construir a história do segundo ano, mas deu dicas do que pode vir por aí.

Ainda teremos tempo para decidir sobre spin-offs ou prequels… O que eu posso dizer é que a criação da nova timeline nos dá a habilidade de contar qualquer história que possa existir dentro desse universo, desde que ela siga as regras que estabelecemos”, disse ela, se referindo ao fato de que a série de TV de Halo se passa em uma continuidade paralela às dos jogos. “Eu amaria contar histórias de formas diferentes, e amo o formato animado, mas no momento o foco está na 2ª temporada”.

Por falar na separação de linhas do tempo, Wolfkill nos contou o que motivou a criação da “Silver Timeline”, título dado à continuidade da série: “Foi sobre deixar a história que estávamos criando ser o que precisava ser. Durante o processo de roteirização, você começa com uma história básica e vai adicionando detalhes, então é preciso ter alguma flexibilidade, especialmente quando mais talentos vão se envolvendo na produção [diretores, atores, etc] e dando suas próprias opiniões.

Ela ainda apontou que, com essa separação, até mesmo a equipe dos games ganha mais liberdade para continuar sua própria narrativa. “Se você tenta juntar as coisas, uma mídia fica limitada pela outra”, definiu.

Uma história de guerra

Por sua vez, o astro Pablo Schreiber está animado para a 2ª temporada, dizendo ao Omelete que a próxima leva de episódios vai levar Halo em uma direção que ele queria que ela fosse desde o começo”. É obra do novo roteirista envolvido na série, David Wiener (Admirável Mundo Novo, Fear the Walking Dead), que assumirá o posto de showrunner no lugar de Steven Kane.

Há muita coisa para explorar, porque a profundidade da mitologia de Halo é impressionante. Tudo o que já foi estabelecido nos jogos, nos livros, nas HQs, nas animações… É uma história imensa que já existe ali”, reconheceu Schreiber. “[David] já me mostrou alguns materiais, e estou muito interessado em explorá-los. A segunda temporada será mais sombria, mais realista e autêntica. Esta é uma história de guerra, e a série vai fazer você sentir os efeitos dessa guerra na sociedade e no indivíduo.

Halo estreia no serviço de streaming Paramount+ em 24 de março, com o seu primeiro episódio. Os capítulos seguintes serão lançados semanalmente, sempre às quintas-feiras.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.