Séries e TV

Notícia

Emmy cancela homenagem a Kevin Spacey em função de polêmica de assédio

Ator receberia prêmio dedicado a nomes que influenciaram a TV nos últimos anos

Rafael Gonzaga
31.10.2017
12h11
Atualizada em
31.10.2017
13h02
Atualizada em 31.10.2017 às 13h02

A Academia Internacional de Artes e Ciências Televisivas cancelou uma homenagem que seria feita ao ator Kevin Spacey na esntrega do prêmio Emmy. O anúncio feito pelo Twitter veio um dia após o ator Anthony Rapp (Star Trek: Discovery) acusar Spacey de assediá-lo quando tinha apenas 14 anos de idade (saiba mais) - confira:

A Academia Internacional gostaria de anunciar que, face aos eventos recentes, nós não honraremos Kevin Spacey com o Emmy Founders Awards em 2017.

O prêmio que Spacey receberia é o Founders Award, destinado a pessoas que foram relevantes para o universo da televisão nos últimos anos. Nos últimos anos, nomes como Shonda Rhimes, Julian FellowesMatthew Weiner e J.J. Abrams foram honrados com o troféu.

Spacey se manifestou sobre a acusação de abusar de Anthony Rapp no Twitter, pedindo desculpas - saiba mais.

O caso fez com que Beau Willimon, criador de House of Cards, se manifestasse ao THR"A história de Anthony Rapp é profundamente perturbadora. Durante o tempo em que trabalhei com Kevin Spacey em House of Cards, nunca testemunhei ou fiquei sabendo de qualquer comportamento inapropriado dentro do set ou fora dele. Dito isso, recebo com seriedade as informações desse comportamento e não há exceção. Eu sinto pelo senhor Rapp e apoio sua coragem"

Ainda na esteira da polêmica, foi revelado que a sexta temporada de House of Cards, seriado original da Netflix, será a última - fontes do TV Line garantem que a decisão de concluir o seriado já estava tomada há meses, e que não há conexão com o caso de abuso.

Assédio em Hollywood

O tema do assédio sexual em Hollywood voltou à tona após várias acusações contra o produtor Harvey Weinstein. Ele foi demitido de sua empresa, a The Weinsten Company e expulso da Academia do Oscar, que pretende ter um novo código de conduta após o caso - saiba mais. O Sindicato dos Produtores também baniu para sempre Harvey Weinstein da organização - saiba mais.