Donald Glover e Maya Erskine em cena da série Sr. e Sra. Smith

Créditos da imagem: Divulgação

Séries e TV

Crítica

Série de Sr. e Sra. Smith é comédia de ação envolvente e pé-no-chão

Donald Glover e Maya Erskine dão vida às novas encarnações dos espiões vividos por Brad Pitt e Angelina Jolie

Omelete
3 min de leitura
08.02.2024, às 15H53

Ao escrever as minhas primeiras impressões sobre Sr. e Sra. Smith, a série do Prime Video baseada no longa de ação estrelado por Brad Pitt e Angelina Jolie, questionei se a nova produção conseguiria escapar das comparações inevitáveis com o filme de 2005. Agora, tendo visto todos os oito episódios, fica claro que a série criada por Donald Glover e Francesca Sloane consegue se sustentar por si própria – e é uma das boas surpresas do streaming neste início de 2024. 

Ao contrário do longa, em que Pitt e Jolie viviam espiões que se casavam sem que um soubesse da real profissão do outro, a série acompanha John (Glover) e Jane (Maya Erskine), dois desconhecidos que se candidatam para vagas na misteriosa Companhia e já são logo de cara avisados que terão de viver como um casal. Acompanhamos, então, os dois aprendendo não só os macetes da vida de espionagem, como também - e principalmente - a se relacionar entre si. 

É neste novo olhar para John e Jane que está o foco e o trunfo da série. Com mais tempo para se debruçar sobre o casamento dos dois, a produção o destrincha aos poucos, mais interessada numa dinâmica típica de casal em crise do que necessariamente numa narrativa de thriller de ação. Entre momentos ternos e engraçados, a estranheza do começo de relacionamento logo se converte em pilhas de dúvidas, que se multiplicam à medida em que trabalho e romance ficam inevitavelmente ligados.

Sr. e Sra. Smith faz esse estudo do casal protagonista com um humor afiado, mas que não se esquiva do drama; ela é, afinal, uma cria das comédias da nova geração, bebendo na mesma fonte de onde saíram Atlanta (outra criação de Glover), O Urso e Fleabag – esta última, criada e protagonizada por Phoebe Waller-Bridge, que deixou a produção de Sr. e Sra. Smith em 2021, por diferenças criativas. 

Nada disso funcionaria, claro, sem os ótimos desempenhos de Donald Glover e Maya Erskine nos papéis-título. Os dois atores têm uma química inegável, e constroem cada um de seus personagens com cuidado, costurando suas vulnerabilidades e inseguranças às aptidões claras de ambos para a vida de espionagem. Isso só potencializa o clímax da série, que reconstrói um dos momentos-chave do filme original de uma maneira que soa muito mais crível e dolorosa. 

A abordagem mais pé-no-chão dada ao relacionamento de John e Jane se estende, também, à vida de espionagem de ambos. Há boas cenas de ação e momentos eletrizantes, mas eles são filmados de forma mais “amadora”, andando de mãos dadas com a falibilidade dos dois. Há, também, um senso de perigo maior imbuído nas interações dos protagonistas com as faces da Companhia: eles recebem ordens apenas do supervisor apelidado de "Oioi", que só se manifesta por meio de um chat no computador, mas parece ser uma presença quase onisciente – uma figura que certamente poderia dar calafrios em um episódio de Black Mirror

Sr. e Sra. Smith consegue unir todos esses elementos com um charme especial, ao qual se somam ainda participações especiais de primeira linha, como as de Paul Dano e do nosso Wagner Moura (que rouba as cenas no quarto episódio da temporada). Ao fim, a série diverte, instiga e emociona quase na mesma medida – e deixa no ar um gostinho por mais.

Nota do Crítico
Ótimo
Sr. e Sra. Smith
Em andamento (2024- )
Sr. e Sra. Smith
Em andamento (2024- )

Criado por: Donald Glover e Francesca Sloane

Duração: 1 temporada

Onde assistir:
Oferecido por

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.