Oscar Isaac e jessica Chastain em Cenas de Um Casamento

Créditos da imagem: Divulgação

Séries e TV

Crítica

Cenas de um Casamento é um estudo de personagens incompleto

Excessos de explicações e justificativas comprometem ritmo da produção para a HBO

Flávio Pinto
13.10.2021
10h35

É fácil cair na armadilha de comparar a versão de Cenas de um Casamento de Hagai Levi com a original, criada por Ingmar Bergman para a TV sueca nos anos 1970. Afinal, todos os elementos que tornam os paralelos fáceis estão ali: os títulos dos episódios são os mesmos, há uma preocupação genuína em propor um estudo de personagens e ambas as versões se aproveitam da vulnerabilidade de um relacionamento em crise para extrair momentos genuinamente dolorosos. 

Mas há uma subversão muito clara na versão para a HBO que merece o seu respeito: ao propor uma troca de personagens — em Cenas de um Casamento 2021, Jessica Chastain interpreta uma personagem que é associável ao que Erland Josephson representou na obra original, enquanto Oscar Isaac acaba incorporando a Marianne de Liv Ullmann —, a produção consegue encontrar a justificativa necessária para ser revisitada. Aqui, há um senso de urgência em subverter os personagens para tornar a obra mais atual. 

Nada contra a minissérie de Bergman — muito pelo contrário —, mas ver como Marianne era tão submissa ao seu marido em todos os aspectos, e como a obra original simplesmente jogava a favor do machismo da época é bem desconfortante. No entanto, ao contrário da versão atualizada, os episódios de Bergman continham uma malícia e uma coragem de não querer encontrar os meios que justificam seus fins. Uma bravura que a produção da HBO simplesmente não foi tenaz o suficiente para encontrar, sendo justamente a raiz dos seus problemas.  

Em uma necessidade semi-obrigatória de explicar, argumentar e definir, os episódios do século XXI de Cenas de um Casamento ganham um peso desnecessário. Na vida real, muitas vezes o ato de esclarecer, e até lecionar, não acontece. Claro que pode haver indícios ou conversas para dar fim a uma relação, mas existem pessoas que simplesmente somem, ou que não veem a exigência de revelar algo muito comum: que as pessoas mudam. Seus objetivos passam a ser outros, e a sua visão de relacionamento passa por transformações. 

O problema é que na história de Hagai Levi (que já explorou problemas matrimoniais muito bem em The Affair) a escrita procura algumas rotas de fuga muito fáceis para apontar culpados, vítimas, vilões ou mocinhos nessa história. No estudo de relacionamento de Mira (Chastain) e Jonathan (Isaac), há mais elementos narrados que justificam o desenrolar do eventual término, como a falta de intimidade entre o casal ou a escassez de tempo de Mira para a manutenção do relacionamento. E, principalmente, sua decisão de largar Jonathan após se apaixonar por outra pessoa. 

Por isso é até fácil apontar Jonathan como o mocinho da história, visto também que o seu personagem é dócil, sensível e aquele que leva o “pé na bunda” — tal qual Marianne (Ullman) na versão de Bergman. Já Mira carrega o rótulo de tóxica, difícil e irresponsável. Pelo menos, em contraste a essa “falha”, a minissérie nos oferece diálogos e discussões matadoras entre a dupla. Há uma autenticidade muito pungente nos diálogos e nas brigas do casal que merece o nosso respeito. 

Ambos Mira e Jonathan são muito combativos e implacáveis na hora de expurgar suas dores e terrores em relação ao casamento. Há um desgraçamento mental nos dois e muita mágoa embutida e genuína que tornam as DRs da dupla muito intensas, críveis e terrivelmente dolorosas. Parte disso também é produto da química inegável entre Chastain e Isaac - amigos desde os tempos em que estudaram juntos na prestigiada Juilliard School de Artes Dramáticas.

Mesmo que os segmentos finais de Cenas de um Casamento (2021) pareçam um pouco apressados e expositivos demais, a atuação da dupla quase consegue vender o produto inteiro. Mas um par de atuações brilhantes não deve ser o suficiente para vender a experiência de acompanhar cinco horas intensas e desconfortantes de conflitos entre um casal. Ou, pelo menos, não deveria ser o ideal.

Cenas de um Casamento
Encerrada (2021-2021)
Cenas de um Casamento
Encerrada (2021-2021)

Criado por: Hagai Levi

Duração: 1 temporada

Nota do Crítico
Bom

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.