Criador diz que The Boys sempre foi sobre Trump e fascismo

Séries e TV

Notícia

Criador diz que The Boys sempre foi sobre Trump e fascismo

Showrunner revela que série foi adaptada quando ex-presidente americano venceu as eleições

Omelete
2 min de leitura
07.06.2024, às 14H01.

O produtor e roteirista Eric Kripke, criador da série The Boysdeu algumas declarações fortes sobre a série do Prime Video. Segundo Kripke, o seriado sempre teve a intenção de criticar diretamente o Donald Trump e seus eleitores.

"Quando Seth Rogen, Evan Goldberg e eu começamos a trabalhar no projeto, estávamos em 2016. Nós só queríamos fazer uma série de heróis super realista, com heróis sendo celebridades que se comportavam mal. Trump estava naquele momento 'ele não vai realmente se candidatar, vai?'. Quando ele foi eleito, isso nos deu uma metáfora que falava mais sobre o mundo atual. Subitamente, nós estávamos contando uma história sobre a intersecção entre celebridades e autoritarismo e como as redes sociais e a mídia são usados para vencer fascismo. Nós estávamos bem no meio da tempestade. E uma vez que percebemos isso, eu senti que era uma obrigação ir o mais longe possível nessa direção", disse Kripke ao THR.

The Boys finalizou sua 3ª temporada no meio de 2022 e, desde então, ganhou a derivada Gen V. Todos os episódios da franquia estão disponíveis para streaming no Prime Video.

A quarta temporada de The Boys vai começar um mês após os eventos do finale de Gen V, e tem estreia marcada para 13 de junho.

Assista no Prime Video

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.