Ruby Barker em Bridgerton

Créditos da imagem: Divulgação/Netflix

Séries e TV

Notícia

Atriz de Bridgerton critica Netflix por descaso durante crise de saúde mental

Ruby Barker relatou que teve dois surtos psicóticos durante as gravações da série e não recebeu nenhum apoio

Omelete
2 min de leitura
30.10.2023, às 21H32.
Atualizada em 31.10.2023, ÀS 09H33

Ruby Barker, intérprete de Lady Marina Thompson em Bridgerton, está fazendo críticas à Netflix e à Shondaland (produtora comandada por Shona Rhimes) devido à falta de apoio à sua saúde mental durante as filmagens. No podcast LOAF [via Variety], ela relatou ter sofrido um surto psicótico após a conclusão das filmagens da primeira temporada de Bridgerton em 2021, seguido por outro em 2022, sem receber assistência de ambas as produtoras.

"Nem a Netflix nem a Shondaland entraram em contato comigo desde que tive dois surtos psicóticos devido à série. Ninguém sequer me contatou ou enviou um e-mail para perguntar se estou bem ou se estou precisando de algum tipo de apoio. Ninguém", disse ela no podcast.

Barker, então, explicou que sua saúde mental começou a deteriorar-se durante as filmagens da primeira temporada da série, algo que ela atribuiu parcialmente ao fato de sua personagem estar "muito alienada".

"Durante as filmagens, eu estava piorando. Foi realmente um lugar angustiante para eu estar porque minha personagem estava muito alienada, muito ostracizada, sozinha sob circunstâncias horríveis", disse ela. "Quando fui para o hospital uma semana após as filmagens da 1ª temporada de Bridgerton, isso foi mantido em segredo e ocultado porque a série estava prestes a ser lançada".

Barker continuou: "Na contagem regressiva para o lançamento da série, eu estava saindo do hospital, meus seguidores no Instagram estavam aumentando, eu tinha todos esses compromissos para cumprir... Minha vida estava mudando drasticamente e ainda assim não houve apoio, e até hoje não houve nenhum apoio. Então, eu estava tentando muito agir como se estivesse tudo bem e que eu poderia trabalhar e que não era um problema."

"É quase como se eu tivesse essa arma invisível metafórica apontada para a minha cabeça para vender a série porque ela é alegre e divertida", disse a atriz. "Mas não quero sair e criticar isso porque, do contrário, jamais conseguirei trabalho."

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.