Foto de 3%

Créditos da imagem: 3%/Netflix/Divulgação

Séries e TV

Notícia

3% incentivou Netflix a investir em conteúdo internacional, diz Greg Peters

Chefe de produção falou sobre a importância do sucesso da série fora do Brasil

Natália Bridi e Camila Sousa
18.03.2019
15h12

Durante um evento de imprensa, Greg Peters, chefe de produção da Netflix, revelou que 3% incentivou a empresa a investir em conteúdo original internacional:

“Acreditamos que grandes histórias podem ser feitas em qualquer lugar do mundo [...]. Tivemos grandes histórias de criadores como Shonda Rhimes, Ryan Murphy, Martin Scorsese, etc., mas enquanto estávamos desenvolvendo todas essas produções, nos perguntamos sobre as histórias e profissionais que estavam fora dos Estados Unidos. Isso nos fez experimentar um pouco e vimos coisas incríveis acontecendo. O primeiro foi do Brasil, um drama chamado 3%. Lançamos a primeira temporada em 2016 e fez um grande no Brasil, mas também encontrou uma grande audiência fora do Brasil. Ficamos empolgados e encorajados por isso, para continuar investindo em outras séries ao redor do mundo”.  

Peters também falou sobre o paralelo entre a Netflix ser uma empresa de tecnologia ou conteúdo: “Sempre me perguntam se somos uma empresa de tecnologia ou de conteúdo. A tecnologia certamente está nas nossas raízes e é importante para tudo o que fazemos. Mas nós também desenvolvemos a uma grande competência de produção, de contar histórias diferentes de ao redor do mundo. Então eu diria que somos uma empresa de entretenimento”.

A terceira temporada de 3% estreia na Netflix em 2019. Os dois primeiros anos estão disponíveis no serviço de streaming.