Montagem com os pôsteres de Devilman Crybaby, One-Punch Man e Jojos Bizarre Adventure

Créditos da imagem: Netflix/Crunchyroll/Divulgação

Séries e TV

Lista

Os 10 melhores (e mais importantes) animes da década

Confira algumas das animações que mais marcantes dos anos 2010

Fábio Garcia
06.01.2020
10h00
Atualizada em
07.01.2020
11h50
Atualizada em 07.01.2020 às 11h50

Chegamos ao fim da década iniciada em 2010 e a animação japonesa mudou bastante de lá para cá. Para entender um pouco como foi esse processo, selecionamos 10 animes fundamentais para se entender as tendências e como o público foi abraçando novas ideias. Vale lembrar que os animes estão em ordem alfabética, não de favoritismo.

Attack on Titan

Crunchyroll/Divulgação

É até impossível falar de animes dessa década sem citar o sucesso que foi Attack on Titan. Contando com uma trama política na qual soldados precisam lutar contra titãs, sempre com reviravoltas inesperadas, as aventuras de Eren viraram uma sensação entre os fãs de anime nesta década. E não só isso, porque a série foi responsável por atrair muita gente que estava por fora dos animes, fazendo com que o título disputasse o interesse de One Piece durante alguns anos de sua publicação em quadrinhos. A série está disponível no Brasil pelo Crunchyroll.

Devilman Crybaby

Netflix/Divulgação

Lançado em uma época sem muita concorrência, Devilman Crybaby conseguiu ser a mistura perfeita de um remake de série antiga com um estilo único e moderno. Assim como no mangá original de décadas atrás, vemos a história de Akira, um jovem que se transforma em um demônio com alma humana e participa de lutas sangrentas. Um conselho: evite assistir a esse anime com mais gente passando pela casa, tem umas cenas um pouco... hm... pesadas. O anime está disponível no Brasil pela Netflix.

Hunter x Hunter

Madhouse/Divulgação

Hunter x Hunter é um mangá dos anos 90 e que teve um anime muito famoso até o começo dos anos 2000, então o que ele faz nessa lista? Bem, em 2011 a Madhouse produziu uma nova versão dessa animação, dessa vez 100% fiel ao mangá e indo até o final do arco das Formigas Quimera, algo que o original não havia alcançado. Com uma animação linda e uma direção que casou com o texto original, Hunter x Hunter de 2011 é uma bela experiência para quem quer conhecer um dos shonens mais influentes de todos os tempos. O anime está disponível no Brasil pelo Crunchyroll e os filmes estão no Telecine Play.

Jojo's Bizarre Adventure

David Production/Divulgação

Lançado nos anos 80 como uma espécie de "paródia" do estilo de Hokuto no Ken, o mangá Jojo's Bizarre Adventure passou décadas sendo conhecido só no Japão e por poucas pessoas do ocidente que jogaram um game da Capcom. Porém, foi só a David Production decidir animar a série inteira pela primeira vez que o negócio explodiu demais. A trajetória do jovem Jojo e sua luta contra o mal representado pelo invejoso Dio tem diversas temporadas, gerações e localidades, animou o povo e virou meme para o otaku moderno. Vale a pena assistir tudo para entender o que é a tal da "jojo pose" que já virou obrigação em fotos de grupo. O anime está disponível no Brasil pelo Crunchyroll.

Kill la Kill

Trigger/Netflix/Divulgação

Produzido pelo estúdio Trigger, Kill la Kill conta a história de uma garota que ganha força quando... sua roupa super curta lhe suga o sangue. Brincando bastante com fanservice, Kill la Kill na verdade é uma animação maravilhosa, com uma direção incrível e umas ideias muito doidas de roteiro. Acredite, mesmo tendo se passado muito anos, a produção não deixa nada a dever aos animes mais recentes da temporada. O anime está disponível no Brasil pelo Crunchyroll e também pela Netflix.

One-Punch Man

Netflix/Divulgação

Assim como Attack on Titan, uma outra animação japonesa conseguiu a proeza de atrair a atenção de pessoas não ligadas aos animes. Em One-Punch Man a gente conhece Saitama, um homem que tem o poder de exterminar qualquer inimigo com apenas um soco... e é só isso mesmo. Com uma dose elevada de comédia e cenas de luta ótimas, o anime ainda ganhou uma versão brasileira cheia de memes que cativou os fãs de dublagens como Yu Yu Hakusho. O anime está disponível no Brasil pela Netflix (dublado e legendado) e Crunchyroll (somente legendado).

Pop Team Epic

Crunchyroll/Divulgação

Se você frequenta redes sociais já deve ter visto algum meme envolvendo duas garotas com roupas de colegiais e rostos bem característicos. Pop Team Epic é uma espécie de Zorra da Globo, com vários quadros de humor... só que com muito mais non-sense. O anime é cheio de referências e muitas vezes nos pegamos pensando "espera, o que acabou de acontecer?". Ah, e ele tem mais uma bizarrice! Cada episódio é dividido em duas partes de mesmo conteúdo, só que a segunda metade é uma reprise com outras pessoas dublando os personagens. O anime está disponível no Brasil pelo Crunchyroll.

Puella Magi Madoka Magica

Netflix/Divulgação

Evangelion é incontestavelmente o anime mais importante dos anos 90, e para os anos 2010 fica até feio não citar Madoka Magica como uma das séries mais icônicas da década. A história parece ser aquele clichê clássico de Sailor Moon: uma garota conhece um bichinho falante e passa a lutar contra o mal como uma garota mágica, mas Madoka Magica esconde uma trama muito soturna e perturbadora por trás disso tudo. Mesmo tendo só 13 episódios e alguns filmes, essa garotinha de cabelo rosa é uma das mais importantes dos últimos tempos. O anime está disponível no Brasil pela Netflix.

Re:Zero

Crunchyroll/Divulgação

Isekai foi o gênero que mais bombou nesta década, e Re:Zero é um dos mais criativos por deixar de lado alguns dos clichês. Nele, Natsuki Subaru é enviado para outro mundo (como em qualquer outro isekai), mas ele não tem qualquer superpoder que o faça se destacar dos demais. Na verdade, ele tem uma maldição: toda vez que ele morre, ele ressuscita em algum "check point" anterior, fazendo com que o personagem sofra muito para conseguir chegar ao seu objetivo sem perder ninguém, não importa quantas vezes ele precise morrer para isso. O anime está disponível no Brasil através pelo Crunchyroll e é exibido pela PlayTV.

Yuri on Ice

Crunchyroll/Divulgação

Animes esportivos têm a incrível qualidade de nos fazer torcer até para esporte que não estamos familiarizados e foi esse o caso de Yuri on Ice. A série sobre um patinador no gelo que passa a ser treinado por um campeão na categoria não é apenas uma animação formidável e de história empolgante, mas também é uma comovente história de romance entre aluno e professor que fez a internet pirar durante meses. O anime está disponível no Brasil pelo Crunchyroll.