Música

Notícia

Rihanna critica Donald Trump por uso de música em comício

Presidente foi noticiado por Pharrell Williams na semana passada

Julia Sabbaga
05.11.2018
09h28
Atualizada em
05.11.2018
08h29
Atualizada em 05.11.2018 às 08h29

Após o presidente americano utilizar "Don't Stop The Music" em um comício no último final de semana, Rihanna foi a nova artista a criticar o uso indevido de músicas por Donald Trump.

No Twitter, a cantora respondeu um tweet de um repórter do The Washington Post, que informou sobre o uso da música: "Ele não tocará por muito tempo. Nem eu nem alguém d meu grupo chegaria perto de algum destes trágicos comícios. Obrigada pelo aviso, philip!".

O alerta da cantora veio menos de uma semana após Pharrell Williams ter entrado com um pedido judicial para que Trump não use a sua música "Happy" em reuniões políticas - leia mais. 

Outros músicos que já impediram que o presidente dos EUA use suas músicas incluem AerosmithAdeleNeil YoungRolling Stones e Queen.