HQ/Livros

Lista

Wolverine | 10 melhores HQs do mutante

Versão original de Logan voltou recentemente ao Universo Marvel

Fábio de Souza Gomes
19.02.2018
18h26
Atualizada em
21.02.2018
18h00
Atualizada em 21.02.2018 às 18h00

O Wolverine original está de volta ao universo Marvel dos quadrinhos. O mutante, atualmente, está realizando aparições em diversas “cenas pós-créditos” das principais HQs da Casa de Ideias e em breve será lançada uma minissérie que explicará o seu retorno do mundo dos mortos.

Arma X

Uma das obras mais conhecidas do mutante foi criada por Barry Windson-Smith e mostrou como o Wolverine ganhou o adamantium. A publicação mostra toda a desumanização que Logan sofreu durante a Arma X, sendo reduzido a uma arma de destruição em massa. A HQ definiu muitos dos conceitos essenciais e mais conhecidos do personagem e ideias da publicação foram utilizadas ao longo de vários filmes da série X-Men. No Brasil, a HQ foi publicada pela Panini e pela Salvat

O personagem é um dos mais importantes da história da editora e chegou até a ser oferecido para Brian Michael Bendis como uma forma de tentar impedir a ida do quadrinista para DC Comics  - leia mais. Para celebrar seu retorno, separamos dez publicações fundamentais do mutante canadense.

Velho Logan

50 anos no futuro, os EUA se tornou um território dividido em feudos e governado por vários supervilões. Desde que os heróis tombaram, o que aconteceu com Wolverine passou a ser um grande mistério: em seu lugar vive um velho chamado Logan. Sem querer nada além de poder cuidar da família, Logan tem sua vida subitamente ameaçada... e se vê obrigado a viajar pelo país com a missão de proteger seu futuro e redescobrir seu passado. A HQ de Mark Millar e Steve McNiven virou um clássico instantâneo e a versão mais velha inspirou o último filme com Hugh Jackman. A obra saiu no Brasil pela Salvat

Origem

Com texto de Paul Jenkins e arte de Andy Kubert, a minissérie mostra uma fazenda em Alberta, no Canadá, onde a órfã Rose chega à propriedade dos Howlett para fazer companhia ao adoentado James, único herdeiro da rica família. Até então, a única companhia era o garoto Cão, filho do capataz da fazenda – um homem violento chamado Thomas Logan. O trio cresce junto e com o passar do tempo problemas começam a surgir que chegam ao topo com o nascimento das garras de James. A HQ ainda gera uma disputa entre os fãs e saiu no Brasil pela Panini e pela Salvat

Wolverine: Inimigo do Estado

Mark Millar e o desenhista John Romita Jr. mostram o que aconteceria se Wolverine sofresse uma lavagem cerebral e mudasse subitamente de lado. Na obra, a Tentáculo torna o mutante em um agente de seu clã ninja e Logan começa a abrir um caminho de destruição entre todos os principais heróis da Marvel, incluindo até a SHIELD. No Brasil, a obra chegou a ser lançada pela Panini

Com publicações que mostram sua origem, sua velhice e seus confrontos com outros heróis do Universo Marvel, confira 10 melhores HQs do Wolverine:

Strange Tales II (Dear Logan)

A história é curta, não passa de 10 páginas, mas é uma das HQs mais interessantes e diferentes do Wolverine. O brasileiro Rafael Grampá coloca Wolverine e outros mutantes “imortais” como lutadores de luta-livre e lutam até um deles ficar completamente “inutilizável” (com direito com uma luta contra o filho de Deadpool). A publicação mostra a conturbada relação de Logan com uma enfermeira e como ele aguenta muito mais abusos físicos do que dores psicológicas. No Brasil, a HQ está presente em Wolverine: Antologia, lançada pela Panini

Kitty Pryde e Wolverine

A minissérie criada por Chris Claremont mostra que o pai de Kitty Pryde começa a ter problemas com a Yakuza e, para ajudá-lo, a garota parte para o Japão e acaba capturada pelo mafioso Shigematsu. Ela vira uma ninja assassina e precisa assassinar Wolverine, que a ajuda a voltar ao normal. A HQ foi lançada no Brasil pela Abril no fim dos anos 80 e ainda não houve uma republicação. 

Lobo Ferido

A HQ apareceu originalmente em Uncanny X-Men 205 e, apesar de ser na publicação dos mutantes, é uma história solo do herói e conta com texto de Chris Claremont e desenhos de Barry Windson-Smith. Na obra, Logan é caçado pela Lady Letal e três de seus capangas que foram transformados em ciborgues. Uma das melhores publicações do herói, a HQ está presente na Edição Definitiva de Arma X.

Wolverine: Sozinho

Os X-Men foram capturados pelo Clube do Inferno e Wolverine enfrenta sozinho um exército até chegar aos seus amigos. A HQ conta com o visual clássico do herói e, ao mesmo tempo, mostra toda a violência e poder do personagem. No Brasil, a HQ saiu pela Abril nos anos 90. 

Eu, Wolverine

Clássico de Chris Claremont com desenhos do lendário Frank Millar, a HQ mostra a viagem do herói para o Japão para encontrar Mariko, quem considera seu verdadeiro amor. Ao chegar, ele descobre que ela se casou com um outro homem para pagar as dívidas do pai – o que deixa o mutante furioso. Precisando descarregar sua raiva, ele decide enfrentar a Tentáculo e descobre uma nova aliada que ficou famosa nos quadrinhos do heróis: Yukio. No Brasil, a obra saiu pela Salvat e pela Panini.

Círculo Vicioso

Wolverine fez sua primeira aparição em uma HQ do Hulk e é justamente em uma publicação do Gigante Esmeralda que o mutante tem uma de suas melhores histórias. Desde a capa épica, criada por Todd Mcfarlane (Criador do Spawn), até o confronto entre os heróis, a publicação tem tudo o que se espera de uma luta entre dois dos principais personagens da Marvel. No Brasil, a HQ foi lançada pela Panini.