HQ/Livros

Notícia

Watchmen 2 | Grant Morrison diz que foi convidado a escrever a continuação

Quadrinista escocês recusou o trabalho

Érico Assis
04.07.2011
13h13
Atualizada em
09.12.2016
11h07
Atualizada em 09.12.2016 às 11h07

Em entrevista ao blog Mindless Ones, o escritor escocês Grant Morrison revelou que foi convidado pela DC Comics a escrever uma continuação de Watchmen, a obra máxima de Alan Moore e Dave Gibbons – mas recusou, dizendo que a história não precisava de continuação.

Watchmen

None

“Eles me convidaram pra fazer e eu disse: por que alguém ia querer uma continuação de Watchmen? Qual é a deles? Watchmen tem uma constituição perfeita... Ela não é necessariamente toda perfeita, mas enquanto história é completa, totalmente circular, decididamente não há necessidade de acrescentar nada ali”, explica Morrison.

Vale comentar que Grant Morrison e Alan Moore têm uma guerra fria histórica, e que um não costuma falar bem dos trabalhos do outro. E por mais que não vá participar de uma Watchmen 2, já se sabe que vai brincar com os personagens que fizeram parte da obra de Moore no projeto Multiversity – que, aliás, está agendado para o verão de 2012, segundo seus comentários na entrevista.

No ano passado surgiram rumores de que o editor-chefe da DC, Dan Didio, tentou alavancar um projeto com prelúdios e sequências de Watchmen, que acabou não indo para frente. O próprio Alan Moore, posteriormente, revelou uma proposta tentadora que recebera da DC para dar continuidade à sua criação, mas que a negou. Por enquanto, a HQ que é considerada uma das obras primas dos quadrinhos permanece imaculada.