HQ/Livros

Lista

Venom | 7 versões alternativas do personagem

Agente Venom, Venom 2099 e mais

Fábio de Souza Gomes
05.09.2018
14h05

A Sony lançará em breve uma aventura solo de Venom, onde o simbionte dominará Eddie Brock – sua encarnação mais conhecida dos quadrinhos. Contudo, ao longo dos anos a Marvel colocou o ser alienígena para se fundir com diferentes personagens e, com isso, acabou criando versões únicas que são poderosas, heroicas e algumas delas até mesmo bizarras.

Venom 2099

A Marvel criou uma versão futurista do Homem-Aranha e colocou Miguel O’Hara como o Teioso de 2099. Um de seus principais rivais foi o Venom dessa época é o sádico e cruel Kron Stone, vilão que foi deixado para morrer no esgoto e acabou se fundindo com o simbionte. Ao invés de usar seus poderes para o bem, ele decidiu atacar a vida de O’Hara – que também é seu meio-irmão. Além de contar com os mesmos poderes do Venom que possuiu Eddie Brock, essa versão evoluiu e conta com a capacidade de cuspir ácido e pode se transformar no que quiser.

Confira sete versões diferentes do Venom:

O Agente Venom

Flash Thompson, justamente o bullying de Peter Parker no colégio, foi o primeiro a provar que o simbionte pode ser usado para fazer somente o bem. Após perder suas pernas durante a guerra do Iraque, Thompson é convidado pelo governo dos EUA para um projeto secreto onde deverá ser possuído pelo simbionte e, com isso, se tornará uma agente especial. Além de ganhar novamente as pernas para andar, ele também ganha todos os poderes do alien, que é misturado com diversas armas que são a especialidade de Thompson. Apesar de tudo isso, ele não pode ficar mais do que 48 horas com o simbionte, senão será dominado pelo ser e perderá todo o controle de seu corpo.  Nesse meio tempo ele virou um Guardião da Galáxia e chegou a patrulhar as ruas da Filadélfia.

Rei do Crime

Para comemorar a edição de aniversário do mês 100, a Marvel juntou diversos equipes criativas para imaginar como seus quadrinhos seriam no ano 2060. Na HQ do Homem-Aranha, criada por Sean Ryan e In-Hyunk Lee, Wilson Fisk – o Rei do Crime – é possuído pelo simbionte. Na HQ, ele mais uma vez começa a perseguir o Teioso que, em uma batalha decisiva, consegue colocar uma tocha na face do Venom e, ao mesmo tempo que Fisk escapa, ele vê o simbionte atualizado queimar até morrer.

Hulk/Motoqueiro Fantasma Venom

Nada pode ser mais poderoso que a combinação dos três heróis e foi exatamente isso que aconteceu na história Circle of Four. Na HQ, a X-23, o Hulk Vermelho, o Motoqueiro Fantasma e o Agente Venom de Flash Thompson precisam vencer o Coração Negro – que é literalmente o filho do Demônio. Para pará-lo, o Motoqueiro Fantasma possui o Hulk Vermelho ao mesmo tempo que Flash empresta o simbionte para o herói, criando um dos híbridos mais poderosos do universo Marvel.

Reed Richards Venom

O encontro aconteceu na edição 2 de Spider-Man and the Fantastic Four. Pouco após o Sr. Fantástico e o Homem-Aranha aprisionarem o simbionte em uma cápsula, o alien consegue escapar e começa a atacar a cidade até eventualmente se fundir com Reed Richards. O encontro não dá muito certo pois o simbionte não gosta de Reed, mas mesmo assim eles enfrentam o Aranha – que separa os dois após jogá-los em uma caixa de som durante um show. 

Norman Osborn

O mega-evento Aranhaverso mostrou diversas versões do Homem-Aranha e, também, do Venom. Na história, Norman Osborn da Terra-138 assume não apenas a presidência dos EUA, como também encontra uma maneira de militarizar o simbionte – que é utilizado para caçar seu principal rival, o Punk-Aranha (uma versão punk do Teioso). Seu objetivo é destruir o Amigão da Vizinhança desse mundo, mas ele acaba derrotado após um solo de guitarra do Punk-Aranha, uma vez que o simbionte é sensível ao som.

Ultimate Venom

O Universo Ultimate conduzido pelo roteirista Brian Michael Bendis mostrou uma nova versão do simbionte. Na HQ, o simbionte não é um alien, mas, sim, uma tentativa de curar o câncer criada por Richard Parker (pai do Teioso) ao lado de Edward Brock (pai de Eddie Brock). A história muda a relação de Peter com o Eddie Jr., que no Universo tradicional é um jornalista que tem a carreira arruinada pelo Amigão da Vizinhança. Na HQ, Peter e Eddie são dois garotos que perderam os pais e estão tentando retomar o experimento de seus progenitores, mas quando Brock vê seu amigo colocar o uniforme do Aranha ele fica surpreso e, especialmente, furioso. Ele decide começar a usar o simbionte como um uniforme e destrói qualquer amizade que os dois mantinham até então.