HQ/Livros

Notícia

Vem aí o 4º FIQ - Festival Internacional de Quadrinhos

Vem aí o 4º FIQ - Festival Internacional de Quadrinhos

José Aguiar
30.09.2005
00h00
Atualizada em
25.01.2017
14h02
Atualizada em 25.01.2017 às 14h02

Depois de correr sério risco ser cancelado, o 4º FIQ - Festival Internacional de Quadrinhos, o maio eventor de quadrinhos não só do Brasil, mas também de toda a América Latina enfim divulga a sua programação.

Se os fãs de quadrinhos estavam apreensivos quanto à realização do evento, agora eles podem perder de vez o fôlego dada a qualidade da programação e dos convidados que estarão presentes.

Faça a vaquinha, leve a barraca, visite aquele parente mineiro que você nunca viu! Evento assim só daqui a dois anos. A promoção é da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura, em parceria com a Editora Casa 21.

Confira a programação:

Convidados internacionais: 

Eddie Campbell (Do Inferno), Gianfranco Manfredi (Mágico Vento), Frédéric Boilet, Lourenço Mutarelli, Gary Panter, Marina Comandini, Philippe Squarzoni, Signe Baumane e Nelson Cruz, dentre outros convidados.

Homenagens:

O premiado quadrinista paulista Lourenço Mutarelli, autor de O Dobro de Cinco, parte da trilogia do detetive Diomedes, lançado na Espanha em 2003, será o principal homenageado do evento. O artista, autor das ilustrações do filme Nina, de Heitor Dhalia, foi o responsável pela criação da imagem promocional do FIQ neste ano e, atualmente, está trabalhando na HQ intitulada A Caixa de Areia, que será lançada no Festival. Além de uma entrevista com o quadrinhista, dia 7, às 18h30, conduzida pelo carioca Carlos Patati, o público será contemplado com uma exposição composta por 110 obras de sua autoria, que englobam toda a carreira do artista, incluindo cinema, literatura e teatro.

Nesta edição, o evento homenageia também o folclórico quadrinista Lacarmélio Araújo, que vende as aventuras do personagem Celton nos semáforos de Belo Horizonte, e Antônio Roque Gobbo, colecionador histórico, que criou sozinho a Biblioteca Nacional de Histórias em Quadrinhos e posteriormente, em 1992, doou todo o seu vasto acervo para a Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte, que, com esta injeção inicial, montou a sua gibiteca. Parte do acervo, que inclui pérolas como a Pato Donald nº 1, estará à disposição do público na Casa do Conde.

Exposições:

Cidades Ilustradas, projeto que já conta com seis álbuns lançados pela Casa 21. Belo Horizonte recebeu o olhar do importante quadrinhista espanhol Miguelanxo Prado; enquanto Jano ilustrou o Rio; Cesar Lobo, Curitiba; Marcello Quintanilha, Salvador; Jean-Claude Denis, Belém; e Marcelo Lelis deu a sua visão sobre as Cidades do Ciclo do Ouro.

Ilustra Brasil 2, BH, com 60 obras organizada pela Sociedade dos Ilustradores do Brasil; 10 anos de Graffiti, composta por 50 obras da revista Graffiti, principal publicação da área em BH; Novos Criadores, com trabalhos de talentos emergentes da cidade; e Quadrinhos na Imprensa de Minas Gerais, que apresenta 49 trabalhos de diversos artistas atuantes nos principais órgãos de imprensa do Estado.

Mesas redondas:

Durante o evento serão realizadas sete mesas redondas. As discussões abordarão a relação dos quadrinhos com a política, educação, história, internet, humor e as políticas editoriais. Nomes importantes como Jô Oliveira, homenageado da segunda edição do FIQ; Alan Sieber, colunista, cartunista e autor de Vida de Estagiário, dentre outros; e os gêmeos Fábio Moon e Gabriel Bá, autores de 10 Pãezinhos, por exemplo, são presenças confirmadas nas mesas.

Mostras de animação:

Um grande encontro de animadores de cinema independente acontecerá em Belo Horizonte, com a participação da cineasta norte-americana Signe Baumane. A programação conta com debates e quatro mostras, intituladas Mostra Brasileira de Cinema de Animação, Mostra Avoid Eye Contact, Mostra Signe Baumane e Mostra Mineira de Cinema de Animação.

Oficinas:

O FIQ oferece também oficinas de iniciação aos quadrinhos, quadrinhos e sala de aula, caricatura, mangá, dentre outras. Além disso, as escolas, que são uma parte significativa do público, podem agendar visitas pelo telefone 3277-4631.

Serviço:
4º FIQ - Festival Internacional de Quadrinhos
De 5 a 9 de outubro, nos espaços nobres da Casa do Conde, que fica na Rua Januária, 130, Floresta, em Belo Horizonte.
Entrada franca


Informações:
Fundação Municipal de Cultura pelos telefones (31) 3277-4621 e 3277-4620
Casa 21 pelo telefone (21) 2205-8661
e no site da editora www.editoracasa21.com.br/fiq