HQ/Livros

Notícia

Stan Lee | Assistente do quadrinista é preso nos EUA

Keya Morgan já foi acusado de abusar fisicamente e psicologicamente de Stan Lee

Fábio de Souza Gomes
12.06.2018
14h03
Atualizada em
12.06.2018
15h48
Atualizada em 12.06.2018 às 15h48

Keya Morgan, assistente de Stan Lee, foi preso em Los Angeles acusado de preencher um relatório policial falso, informa o The Hollywood Reporter.

Reprodução/The Gifted

O site explica que o departamento de polícia local confirmou a prisão e que a fiança ficou em US$ 20 mil. Os detalhes não foram divulgados, mas foi especulado que Morgan teria mentido sobre dois homens armados terem ameaçado o quadrinista – leia mais.

Entenda o que está acontecendo com Stan Lee

Recentemente foi divulgado que a única filha de Stan LeeJ.C. Lee, foi acusada de abusos físicos e psicológicos em seu pai, assim como em sua mãe, Joan Lee, que faleceu em julho do ano passado. O THR revelou um documento assinado pelo quadrinista onde ele acusa três homens - Jerardo “Jerry Olivarez (cuidador de Lee na época), Keya Morgan (atual cuidador de Lee) e Kirk Schenck (advogado de J.C. Lee) – de tentar controlar suas propriedades e dinheiro. Pouco depois de assinar o documento, ele demitiu seu advogado e contratou uma série novas pessoas, entre elas o próprio Morgan – leia mais.

A aparição mais recente de Stan Lee foi na Sillicon Valley Comic Con, onde está ao lado justamente de Keya Morgan, que precisa soletrar para o criador de grande parte do Universo Marvel como assinar o próprio nome. Muitos fãs descreveram sua participação como perturbadora, com o criador do Homem-Aranha aparentemente sendo forçado a caminhar pela convenção contra sua vontade - leia mais

Desde então, Lee apareceu em seu twitter defendendo Morgan, processou a POW! (empresa que fundou nos anos 2000) e ameaçou processar as pessoas que que acusaram sua filha e Morgan de abuso.