Sandman

Créditos da imagem: Vertigo/Reprodução

HQ/Livros

Notícia

Neil Gaiman pediu que Warner não fizesse filme de Sandman nos anos 90

Autor relembra reunião e proposta do estúdio

Julia Sabbaga
11.07.2020
15h39

Neil Gaiman revelou ter rejeitado a ideia de adaptar Sandman para os cinemas durante os anos 90. Em uma entrevista ao CB, o autor disse que foi convidado para conversar com a Warner Bros sobre as possiblidades, mas pediu que o estúdio não investisse no projeto:

"Eu lembro de ter minha primeira reunião sobre um filme de Sandman, em 1990, eu acho, e entrando para uma reunião com a Warner em que eles disseram 'bom, o que você acha de um filme de Sandman?' e eu disse 'Por favor não façam'". 

Gaiman continuou, explicando que a adaptação atrapalharia seu processo criativo na época: "Eu lembro da executiva da Warner, Lisa Henson, olhando para mim muito encucada e dizendo 'Ninguém nunca entrou no meu escritório e me pediu para não fazer um filme'. E eu disse 'Bom, eu estou. Por favor não façam. Estou trabalhando na HQ, um filme seria uma distração e uma confusão. Deixem-me fazer o que eu faço". E graças a todos, eles me deixaram continuar assim". 

A HQ de Neil Gaiman acompanha Morpheus na série que consolidou o gênero dos quadrinhos adultos nos anos 1990. Sandman é a peça máxima dentro da antologia respeitável de Gaiman, misturando drama histórico e ficção soturna com fantasia e lendas modernas. A série regular foi publicada entre 1989 e 1996.

Sandman também vai virar série de TV na Netflix. Na TV, Allan Heinberg (Mulher-Maravilha) servirá como showrunner da adaptação, com Gaiman e David S. Goyer assumindo como produtores-executivos. Ainda sem data de estreia, a primeira temporada contará com 11 episódios.