Robson Rocha, artista brasileiro da DC Comics, morre vítima da covid-19

Créditos da imagem: Divulgação

HQ/Livros

Notícia

Robson Rocha, artista brasileiro da DC Comics, morre vítima da covid-19

Exclusivo da editora desde 2016, ele desenhou histórias do Batman, Superman e mais

Eduardo Pereira
11.07.2021
19h39
Atualizada em
12.07.2021
09h52
Atualizada em 12.07.2021 às 09h52

O artista brasileiro Robson Rocha, de 41 anos, morreu neste domingo (11) vítima da covid-19. Ele estava internado desde meados de junho no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Eduardo de Menezes, em Belo Horizonte, Minas Gerais. A notícia de sua morte foi divulgada por familiares e colegas de trabalho, nas redes sociais.

Artista exclusivo da DC Comics desde 2016, Robson começou a desenhar para a editora em 2010, trabalhando em diversos títulos da fase Novos 52, como SinestroAves de Rapina Batman/Superman. O brasileiro trabalhou também no título Lanternas Verdes da fase Renascimento DCDias de Horror, a primeira graphic novel da Chiaroscuro Studios. Ele também foi um dos destaques do Artist's Alley da CCXP 2019.

Robson Rocha deixa uma filha pequena e esposa, além de milhares de amigos e fãs. No Twitter, colegas como Fabi Marques, Marcio Fiorito, Doc Shaner, Carmen CarneroKurt Busiek e Daniel Henriques manifestaram seu pesar e sentimentos pela morte do artista. Veja abaixo.

"Hoje, a indústria de quadrinhos perdeu um de seus maiores talentos. Eu, eu perdi um irmão. Robson Rocha estava destinado a ser um dos gigantes da indústria, e ele já estava a caminho de se tornar um. Eu costumava brincar com ele que seu trabalho era tão bom que chegava a ser ofensivo".

"Completamente devastado por ouvir da morte de Robson Rocha. Eu vi seu material pela primeira vez com [Tom] Taylor em Superman/Batman há alguns anos e fiquei muito impressionado, mas redescobrí-lo em Aquaman com Kelly Sue no último ano tem sido uma enorme alegria. [Desejo] todo o meu melhor [sentimento] para sua família".

"Sentindo muito por ficar sabendo da morte de Robson Rocha. Nunca o conheci, mas ele foi uma grande inspiração para mim. Meus mais profundos sentimentos à sua família, amigos e fãs".

"Descanse em paz, Robson Rocha. Cedo demais. Uma perda enorme para os quadrinhos, sua família e amigos".

"Perdemos Robson Rocha hoje, eu ainda não posso acreditar e estou tendo dificuldade para transformar o sentimento em palavras. Nós trabalhamos juntos por muitos anos e eu sinto que mal arranhamos a superfície de onde o talento dele estava chegando".

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.