O congressista norte-americano John Lewis, ícone dos diritos civis e do movimento negro nos EUA

Créditos da imagem: Getty Images/AFP

HQ/Livros

Notícia

Morre aos 80 anos John Lewis, ícone do movimento negro nos EUA

Trajetória do ativista foi registrada em filmes como Selma e na HQ A Marcha

Diego Assis
18.07.2020
02h10
Atualizada em
18.07.2020
03h02
Atualizada em 18.07.2020 às 03h02

Morreu nesta sexta-feira (17), aos 80 anos, o ativista pelos direitos civis e congressista norte-americano John Lewis.

Lewis é considerado um dos maiores ícones do movimento negro nos Estados Unidos, ao lado de figuras como Martin Luther King Jr., Rosa Parks e Malcolm X.

Conhecido por discursos marcantes e por sua defesa da não violência, teve sua trajetória política registrada em filmes como Selma e no recente documentário John Lewis: Good Trouble, produzido pela CNN Internacional.

Também é autor da HQ autobiográfica em três partes A Marcha, que já teve dois volumes lançados no Brasil pela editora Nemo e acumula prêmios de prestígio como o Eisner e o National Book Awards.

Capa do Volume 1 da HQ A Marcha, de John Lewis

Capa do Volume 1 da HQ A Marcha, de John Lewis
Reprodução

Na obra, coescrita com Andrew Aydin e ilustrada por Nate Powell, Lewis narra desde sua infância no Alabama, sua participação na famosa Marcha de Washington, de 1963, os encontros com Luther King Jr. e sua incansável batalha pelo fim das políticas de segregação racial nos Estados Unidos, que incluíram episódios de agressões e prisões.

A morte de John Lewis foi consequência de um câncer no pâncreas, revelado já em estágio avançado, em dezembro passado.

Ainda atuante, seja nos corredores da política ou nas redes sociais, Lewis seguia inspirando em seus discursos e tuítes nas redes sociais. Em um deles, feito anos antes dos atuais protestos raciais que se espalharam pelo país após a morte de George Floyd, pregou:

“Não se percam em um mar de desespero. Tenham esperança, sejam otimistas. Nossa luta não é a luta de um dia, uma semana, um mês ou um ano, é a luta de uma vida inteira. Nunca tenham medo de fazer algum barulho e se enfiarem em boas encrencas, em encrencas necessárias."