HQ/Livros

Notícia

Morre Guido Crepax

Morre Guido Crepax

Pedro Hunter
31.07.2003
00h00
Atualizada em
21.09.2014
12h47
Atualizada em 21.09.2014 às 12h47
Faleceu hoje, aos 70 anos, Guido Crepax, célebre criador de Valentina e dúzias de outras HQs. O autor italiano estava enfermo há algum tempo.

Crepax nasceu em Milão em 1933. Ele estudou arquitetura, mas depois da formatura, em 1959, começou a desenhar quadrinhos. Na época, contribuiu para uma revista de medicina.

Sua estréia nas HQs de ficção aconteceu em 1965, quando começou a trabalhar com a revista Linus. Para a publicação criou uma história de super-heróis intitulada Neutron. Como coadjuvante na HQ colocou a repórter Valentina, que acabou ganhando espaço e tornando-se a maior criação do artista.

A partir daí, Crepax encontrou a linha pela qual ficaria mundialmente conhecido: Os quadrinhos eróticos/pornográficos, recheados de excitantes aventuras com ousadas cenas de sexo.

Guido Crepax desenhava mulheres delicadas, muitas inspiradas pela atriz do cinema mudo Louise Brooks, adorada por ele.