Escritora e ativista Bell Hooks (Divulgação)

Créditos da imagem: Escritora e ativista bell hooks (Divulgação)

HQ/Livros

Notícia

Morre bell hooks, célebre autora feminista, aos 69 anos

Autora de Feminismo é Para Todo Mundo e Tudo Sobre o Amor

Pedro Henrique Ribeiro
15.12.2021
14h30
Atualizada em
15.12.2021
14h58
Atualizada em 15.12.2021 às 14h58

Morreu nesta quarta-feira (15) a escritora e ativista bell hooks, aos 69 anos. Ela estava doente há algum tempo e faleceu em sua casa, em Barea. A notícia foi dada pela família através de um comunicado.

Hooks, batizada Gloria Jean Watkins, nasceu em 25 de setembro de 1952, no estado americano de Kentucky e publicou seu primeiro livro de poemas, And There We Wept, em 1978, já com o pseudônimo de bell hooks.

O nome foi inspirado na bisavó, Bell Blair Hooks, mas a autora sempre assinava com letras minúsculas, para dar mais foco ao seu trabalho do que para o pseudônimo.

Ela se graduou mestre em língua inglesa pela Universidade de Stanford e, em seguida, doutora em literatura pela Universidade de Winsconsin. Mas muito antes de conquistar os títulos, ela precisou frequentar escolas segregadas na infância.

Quarta filha de sete irmãos, ela deixa um legado de ativismo negro, feminista, cultural e de gênero. Tudo isso eternizado em dezenas de livros publicados em mais de 10 idiomas, além de vários artigos acadêmicos.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.