HQ/Livros

Lista

Marvel | 10 versões alternativas dos heróis clássicos da editora

Hulk de Amadeus Cho, Coração de Ferro e mais

Fábio de Souza Gomes
02.04.2018
18h11
Atualizada em
04.04.2018
06h09
Atualizada em 04.04.2018 às 06h09

Os heróis clássicos da Marvel estão voltando aos quadrinhos aos poucos. Primeiro com o selo Legacy, a Casa de Ideias levou de volta o Capitão América a sua essência, agora mostra o retorno de Odinson como Thor, Tony Stark como Homem de Ferro, Bruce Banner como Hulk e mais.

Riri Williams – Coração de Ferro

A saga de Riri como heroína começou recentemente no Brasil. Ela é uma jovem de 15 anos superinteligente que é estudante do MIT, a mais prestigiada faculdade de tecnologia dos EUA.  Ela constrói sozinha sua própria versão do Homem de Ferro com materiais que furta da Universidade e, por isso, acaba expulsa. Tony Stark a conhece pouco antes de entrar em coma em Guerra Civil 2 – leia mais – e serve de tutor para garota, uma vez que transferiu sua consciência para uma matriz de inteligência artificial.  

O Infame Homem de Ferro

O Doutor Destino decidiu abandonar a vida de supervilão para assumir o manto de Tony Stark após a Segunda Guerra Civil. O novo “herói” revelou em uma HQ recentemente lançada no Brasil que decidiu se tornar o Homem de Ferro pois virou um Deus em seu país e, mesmo assim, não mudou sua essência humana. Por isso, decidiu repensar seus propósitos para buscar redenção – leia mais.

Nesse meio tempo, outros personagens foram apresentados ao público e versões alternativas dos principais gigantes da editora tiveram aventuras solo. Atualmente, a grande maioria delas está em fase de publicação no Brasil como é o caso da Coração de Ferro, do Hulk de Amadeus Cho e mais.

A Poderosa Thor

Uma das versões mais interessantes entre todos os heróis. Após Odinson se torna indigno, Jane Foster levanta o Mjolnir e vira a Poderosa Thor. Ao mesmo tempo que luta contra as forças do mal, a versão humana da heroína precisa batalhar um câncer que a deixa cada vez mais frágil – e toda vez que ela pega o martelo, a transformação acaba anulando a quimioterapia. A jornada de Jane como a heroína chegará ao fim com sua morte, que saiu recentemente nos EUA, e o martelo voltará a Odinson.

Confira dez versões alternativas de heróis da Marvel: 

Capitão América de Sam Wilson

O Falcão tornou-se o Capitão América dos quadrinhos após Steve Rogers perder o soro do supersoldado que o mantinha jovem e forte e, por isso, passou o escudo para o homem que acreditava ser o merecedor do cargo de Capitão, no caso, Wilson. O herói precisa lidar com temas como preconceito, a necessidade de ser um bom líder e eventualmente a pressão para devolver o escudo para Rogers – que recupera a juventude graças ao cubo cósmico vivo.

Ms. Marvel de Kamala Khan

Criada por G. Willow Wilson e Adrian Alphona, Kamala Khan apareceu pela primeira vez na HQ da Capitã Marvel, sua maior inspiração, e eventualmente ganhou sua própria HQ. Ela descobre ser uma Inumana e assume o título de Ms. Marvel após Carol Danvers tornar-se a Capitã Marvel. Ela trabalhou com os Vingadores e, agora, juntou-se aos seus amigos Nova e Miles Morales para fundar o grupo Campeões, onde assume um papel de liderança até então pouco explorado.  

Homem-Aranha de Miles Morales

O personagem da era Ultimate que mais deu certo – tanto que a Marvel decidiu mantê-lo mesmo após a destruição desse Universo. Ele teve papel fundamental em Guerra Civil 2, onde o inumano Ulysses prevê que o garoto vai matar o Capitão América e o jovem Teioso consegue provar que jamais faria isso. No Brasil, recentemente foi lançada a HQ Homem-Aranha e os Campeões, publicação que conta com um novo grupo de heróis liderados por ele e por Kamala Khan.   

Hulk de Amadeus Cho

A versão do herói foi criada por Greg Pak e foca na história do brilhante jovem Amadeus Cho, um antigo amigo de Bruce Banner que basicamente salva a vida do cientista ao absorver a radiação do Hulk de Banner e colocando em si mesmo. O garoto transformou o Gigante Esmeralda, pois ao contrário do herói original, ele não considera o Hulk uma maldição e, sim, uma oportunidade. Ele se diverte e é muito mais egocêntrico que Banner, porém recentemente ele descobriu um novo lado do monstro – leia mais.

O Velho Logan

Após sobreviver a um futuro onde vilões assassinaram praticamente todos os heróis e inocentes do planeta, inclusive sua esposa e filhos, o Velho Loan despertou no presente, determinado a impedir que aquele holocausto se torne realidade. Porém, após aceitar o fato de que o passado onde se encontra não é o seu, o homem que um dia foi Wolverine ainda é assombrado pela família que perdeu. O herói contou com boas histórias, mas não conseguiu superar a versão original. 

A Novíssima Wolverine

Laura Kinney, a X-23, foi criada para ser uma arma. Durante certo tempo, ela foi apenas isso. Porém, ela conseguiu descobrir sua humanidade com a ajuda do homem de quem foi clonada, o Wolverine original. Contudo, com a morte do mutante, ela passou a vagar sozinha até encontrar uma clone sua, Gaby. Agora, ela luta por um futuro melhor para os mutantes.

Gaviã Arqueira

Kate Bishop era apenas uma fã dos Vingadores originais, mas quando descobriu o início dos Jovens Vingadores ela pegou seu arco-e-flecha, criou um uniforme e entrou para a equipe. Sua inspiração, claro, é Clint Barton – com quem forma a equipe Gavião. Apesar de terem diversas discussões e por vezes se desentenderem, eles trabalham juntos como poucos. No Brasil, recentemente foi lançada a segunda edição das aventuras da dupla – leia mais.