A escritora Lya Luft

Créditos da imagem: Divulgação

HQ/Livros

Notícia

Lya Luft, escritora de Perdas & Ganhos e As Parceiras, morre aos 83 anos

Patrona da Feira do Livro de Porto Alegre, ela morreu em casa, segundo a família

Eduardo Pereira
30.12.2021, às 12:40

Morreu, aos 83 anos de idade, a escritora sul-rio-grandense Lya Luft. A informação foi confirmada pela filha dela, Suzana Luft, à RBS TV, filiada da Rede Globo.

Segundo Suzana, Lya lutava há 7 meses contra um melanoma, tipo mais grave de câncer de pele, descoberto já com metástase. Por conta da doença, a escritora ficou internada, mas pediu para ir para casa antes do Natal. Ainda de acordo com a filha, a escritora morreu enquanto dormia, na residência da família.

Em nota, a Academia Riograndense de Letras se manifestou a morte de Lya: "Comunico falecimento da Lya Luft, nossa escritora do ano, nesta madrugada. Nossa homenagem chegou em tempo e trouxe alegria aos seus últimos dias", afirmou o presidente da entidade, Rafael Bán Jacobsen.

Lya era filha de imigrantes alemães, desenvolvendo o hábito da leitura desde a infância até se tornar uma das mais renomadas escritoras e tradutoras brasileiras. Mestre em Linguística e Literatura Brasileira, foi professora universitária e colunista de diferentes veículos de inorensa. Era também patrona da Feira do Livro de Porto Alegre.

Entre seus maiores sucessos publicados estão os livros O Quarto Fechado, Perdas & Ganhos, Pensar é Transgredir e As Parceiras. Sua última publicação foi As Coisas Humanas, de 2020.

Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.