Foto de John le Carré, escritor falecido aos 89 anos

Créditos da imagem: John MacDougall/AFP

HQ/Livros

Notícia

John le Carré, ex-espião que se tornou mestre da literatura, morre aos 89 anos

Antigo membro da inteligência britânica inspirou filmes e séries com sua obra

Gabriel Avila
13.12.2020
19h42

John le Carré, escritor conhecido por mudar os rumos da literatura de espionagem, faleceu aos 89 anos de idade. De acordo com o THR, o falecimento foi confirmado por seu agente literário e a causa apontada foi um mal-estar não relacionado com a COVID-19.

Nascido David John Moore Cornwell, John le Carré trabalhou para o serviço de inteligência secreta britânico entre as décadas de 1950 e 1960. Neste período ele começou a escrever romances de espionagem como O Morto ao Telefone e Um Crime entre Cavalheiros, que fizeram sucesso mas nada comparado a O Espião Que Saiu do Frio, que se tornou sua primeira publicação adaptada para os cinemas em 1965.

Aposentado do MI6, ele seguiu escrevendo romances que iniciaram uma longa tradição de adaptações para o cinema e a TV. Dentre os destaques estão O Jardineiro Fiel, O Espião que Sabia Demais e O Gerente da Noite.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.